Materiais de plástico e bituca de cigarro representam mais de 90% do lixo encontrado nas costas brasileiras, de acordo com pesquisa inédita divulgada pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, a Abrelpe.

Ainda de acordo com a pesquisa, 52,5% de todo o lixo coletado do mar é de origem plástica, como plástico filme, pequenos tubos plásticos, hastes plásticas ou isopor. Em seguida, 40,4% do lixo coletado identificado vem da bituca de cigarro. E por fim, borracha, metal, madeiras, embalagens e outros materiais, são responsáveis por 7,11% do lixo no mar.

Esses dados são resultado do projeto de prevenção e combate à poluição marinha coordenado pela Abrelpe, em cooperação com a associação internacional de resíduos sólidos e com apoio da Agência de Proteção Ambiental da Suécia.

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte completou 185 anos de criação e recebeu homenagem da Assembleia Legislativa, em sessão solene, na manhã desta sexta-feira (5), no plenário Clovis Motta. Durante toda esta sexta-feira, a Assembleia Legislativa recebe uma mostra com o acervo de armas da PMRN, no salão de eventos da Casa.

O Coronel Azevedo (PSL), propositor do evento, justifica-o pela história de trabalho e serviços prestados pela gloriosa Polícia Militar em todos esses anos de atuação em território potiguar. “A Polícia Militar escreve uma história de suor, sangue, sacrifício, de altivez, bravura, coragem e resiste na vocação dos seus guerreiros e guerreiras. Os policiais, independentes da situação, buscam sempre cumprir da melhor forma com o seu trabalho na segurança pública potiguar”, declara Coronel Azevedo.

O coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior, comandante geral da Polícia Militar, discursou em nome dos 14 homenageados, frisando a importância dos veteranos que, por causa do esforço e dedicação deles, é possível a presença de cada um de nós aqui. “Damos continuidade ao trabalho dos homens e mulheres que são fontes de inspiração para a instituição que tenho a honra de fazer parte e que desde a criação tem a obrigação de cuidar da população, bem servir e bem desempenhar suas funções. A honra de nossa atividade transcende cada policial. Ela é da corporação”, finalizou Coronel Alarico.

A sessão contou com a presença do deputado Hermano Morais (MDB), representantes do governo Estadual, município de Natal e Forças Armadas.

A sessão solene homenageou os seguintes policiais:

Cel PM Alarico José P. de Azevedo Júnior
Cel PM Zacarias Figueiredo de M. Neto
Cel PM Geraldo Gonzaga da Costa
Tem Cel PM Humberto G. Xavier Bezerra
Maj PM Gevanir de Freitas
Cap PM Romildo Jorge da Costa
1° Ten PM Sebastião Pereira de Souza
2° Ten PM Letício Ferreira de Fontes
ST PM Manuel Rocha Sobrinho
1° Sgt PM Antônio M. do Nascimento
2° Sgt PM Francisco de A. Ribeiro
3° Sgt PM João Francisco de Almeida
Cb PM Francisco José de Lima
Sd PM Gustavo Moreira da Silva

O ACREDITO é um movimento Supra Partidário (conjunto de pessoas de vários partidos que pensam no bem comum da sociedade) de Renovação Política no Brasil. Dentre essas renovações, o movimento busca: igualdade para todos/as indivíduos/as, uma sociedade mais estável, sustentável e desenvolvida.
Os/as envolvidos/as no movimento ACREDITO, defendem que a sociedade só será mais justa quando for capaz de oferecer dignidade e igualdade de oportunidades a todos/as os/as brasileiros.
Na cidade do Assú/RN, o movimento ACREDITO visa a quebra de monopólios e a polarização política no município, uma vez que há décadas a cidade vem sendo administrada por pessoas de uma mesma família e/ou indicadas por ela.
O movimento ACREDITO afirmou que lançará o cidadão Paulo Henrique como Pré-Candidato a Prefeito da cidade, esse que nasceu e se criou no bairro Vertentes (buraco d’agua), foi escoteiro, coordenou grupos de quadrilhas juninas e grupos de jovens da igreja e, é graduado em Nutrição. Informações repassadas pela comunicação do movimento Acredito.

Uma equipe da secretaria de educação formada pelas supervisoras Aucineide Evangelista, Magna Marques e a diretora Micilene acompanhou alguns alunos dos assentamentos para uma visita no IFRN (Campus de Ipanguaçu).
Essa visita é mais uma etapa do projeto: NÓS PROPOMOS que tem como objetivo sensibilizar e incentivar os alunos daquelas áreas a ingressarem nessa instituição.
Os alunos conheceram durante a visita um pouco da escola e o campo, principalmente a parte da plantação, e depois estiveram no auditório da escola com os professores Geraldo (coordenador do curso de agroecologia) e Adriano (coordenador do curso de meio ambiente) que fizeram uma explanação sobre importância dos cursos oferecidos.

Após rejeitar o decreto das armas do governo, o Senado trabalha em um projeto de revisão do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003). Escolhido por lideranças partidárias para relatar a proposta, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) ouviu nesta quinta-feira (4) em audiência pública da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) representantes de diversos setores da sociedade sobre a situação do registro, posse e porte de armas no Brasil.

Alessandro, que foi o relator do projeto de lei que estende a posse de armas na zona rural para toda a área das propriedades (PL 3.715/2019), aprovado pelo Senado na semana anterior, também assumiu a tarefa de relatar o PL 3.713/2019. A proposta — batizada de PL das Armas — foi apresentada por senadores do PSL e pelo líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-CE), e praticamente repete o teor dos decretos editados no primeiro semestre deste ano pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Mas o relator já adiantou que pretende construir um texto equilibrado que considere sugestões da sociedade civil e de parlamentares, incluindo medidas previstas em outros projetos sobre armas. (mais…)

Francisco de Assis Jácome Nunes, ex-prefeito do Município de Paraú, foi condenado pelo Grupo de Apoio às Metas do CNJ – que julga casos de corrupção, improbidade administrativa e ações coletivas – pela prática de ato de improbidade administrativa. Ele foi acusado de ter realizado aquisição de peças e contratação direta de serviços mecânicos, sem realizar procedimento licitatório, dispensa ou inexigibilidade de licitação no âmbito daquele Município. Tal ato causou prejuízo ao erário e violou os princípios da administração pública.

Como penalidade, o ex-prefeito Francisco Jácome terá que ressarcir ao erário o valor do dano, consistente no valor adimplido pela compra das peças e serviços mecânicos, no valor de R$ 6.949,00, acrescido de atualização monetária e de juros. Ele também terá que pagar multa civil, em favor da municipalidade, de três vezes a remuneração percebida à época quando exercia o cargo de Prefeito do Município de Paraú, acrescido de juros e atualização monetária. (mais…)

SINTRATEP/RN (Sindicato dos Transportes Especiais de Passageiros do RN) demonstrou sua gratidão pela iniciativa da Lei estadual n° 10.506, conhecida como “Lotação Legal”, realizando nesta quinta-feira (04), um café da manhã em homenagem ao autor da lei, o deputado estadual George Soares (PL).

Com toda a diretoria do Sindicato presente, além do diretor do DER-RN, Manoel Marques, representando a governadora Fátima  Bezerra (PT), e o advogado consultor de projetos, Alexandre Ramos, o deputado George compareceu ao evento e agradeceu por ter sido procurado para apoiar e lutar pela regulamentação dos transportes especiais intermunicipais no RN, como os táxis lotações e vans. A iniciativa é um marco para a classe trabalhadora que envolve mais de 150 mil pessoas direta e indiretamente, no estado.

“Fico muito feliz por ver uma categoria reunida, reconhecendo e demonstrando seu agradecimento pelo nosso trabalho. Isso muito nos motiva a seguir lutando pelo nosso RN e pelas causas da nossa sociedade,” afirmou o deputado George.

A vereadora Fabielle Bezerra, do município de Assu (RN), deu entrada dia 02 de julho, ao projeto de lei que cria oficialmente a Filarmônica Cristovam Dantas. O texto foi lido durante a seção e seguirá os trâmites legais daquela casa legislativa. A vereadora postou em sua conta no Instagram a ocasião. (mais…)

A Coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo informa que um grupo de empresários decidiu lançar uma reforma tributária paralela à que está tramitando no Congresso. O Instituto Brasil 200, que reúne empresários como Flavio Rocha, da Riachuelo, João Appolinário, da Polishop, e Luciano Hang, da Havan –todos apoiadores de Jair Bolsonaro–, decidiu retirar apoio à proposta que já está em debate para lançar outra –cujo centro é a criação do imposto único no país.

“A proposta que está em discussão é boa, mas tímida. Achamos que chegou a hora de fazermos algo revolucionário”, diz Gabriel Kanner, que preside o movimento, segundo a publicação.

De acordo com ele, 90 tributos no país poderiam ser substituídos por apenas um, sobre movimentação financeira, com alíquota de 2,5%. A carga tributária, diz, seria “infinitamente menor” do que é hoje, completa a Folha.

Facebook