18720_857584087659675_3153016805661191877_n

 

A sua mensagem reflete o resultado do trabalho que seu blog tem feito a favor do povo assuense. Ao divulgar o abandono administrativo do Assú, as pessoas passaram a observar melhor o engodo do TRABALHO E TRABALHO que só enriqueceu a família do Ivan Júnior. Por isso, a foto enviada e seu comentário demonstram o abandono político que sofre esta gestão. A matéria da TV Cabugi vai ensejar outras, pois lendo o PORTAL DA TRANSPARÊNCIA é possível desconfiar do uso indevido de recursos FEDERAIS, ou até mesmo possivelmente desviados de sua finalidade, em outras obras. Vejam o exemplos do projeto de ABASTECIMENTO DO PANON, a  construção DO PARQUE DE EXPOSIÇÃO e outros mais  que precisam serem investigados, também, PELO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. É SÓ VÊ O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA. Muito dinheiro já liberados e AS OBRAS NÃO CHEGAM AO FIM. Lendo os blog, afinados ideologicamente com o Ivan Júnior, estão no limiar da loucura, pois a matéria da TV CABUGI os desmoralizou. E passaram ao ataque, vejam: não publicaram o CONSUMO DE COMBUSTÍVEL, do gabinete do Prefeito Ivan Júnior, QUE EU PEDI. Pelo que lí, o Assú está precisando É DE UMA FORÇA TAREFA PARA INVESTIGAR, TUDO ISSO. Abs Eridu

 

DSCN0459[1] DSCN0454[1]A VIGÍLIA DO 25, com Dinarte Prefeito e Keide Vice, recebeu na noite de ontem a maior manifestação de todas nesta campanha. O povo livre saiu de casa e de forma espontânea disse sim ao projeto de MUDANÇA. A emoção era visível aos olhos do nosso povo que sentiu e deseja fazer a mudança neste exato contexto político. AGORA É A VEZ O POVO, agora é Carnaubais com Dinarte e Keide. Em seu discurso visivelmente emocionado Dinarte destacou: “Valeu todo esforço, toda luta, e cada batalha, porque o povo de Carnaubais, só por vocês eu travei a maior de todas as guerras que foi e é a de vencer o mal e o ATRASO que Carnaubais vive”. Veja as fotos que comprovam a exata multidão presente ao comício.

DSCN0426[1]

DSCN0452[1]DSCN0457[1]DSCN0466[1]DSCN0470[1]DSCN0478[1]DSCN0350[1]DSCN0343[1]DSCN0459[1] DSCN0434[1] DSCN0445[1] DSCN0396[1] DSCN0437[1] DSCN0341[1] DSCN0347[1] DSCN0337[1] DSCN0317[1] DSCN0335[1] DSCN0411[1]

 

Fotos: Emanuel blog de olho no Assu

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A paralisação da obra de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no bairro Alto São Francisco, área suburbana do Assú, atraiu o interesse de uma instituição federal depois da exposição que o tema conquistou, após reportagem exibida pela Inter TV Cabugi, afiliada no RN da Rede Globo.

Segundo notícia estampada na edição eletrônica do Portal no Ar desta quinta-feira (02), em consequência da veiculação da matéria jornalística, o Ministério Público Federal do RN (MPF/RN) decidiu ir a fundo na investigação do caso, o que deverá implicar na aplicação de sanções aos responsáveis, caso fique atestado que houve algum tipo de ilegalidade no caso.

Veja o texto publicado no Portal no Ar:

A Procuradoria da República no Rio Grande do Norte abriu um procedimento para apurar por que mais de um milhão de reais do governo federal já foi empregado em uma UPA em Assú sem que o equipamento tenha sido entregue. Conforme noticiou o portalnoar.com, nessa terça-feira, a Unidade de Pronto Atendimento está abandonada e depredada pela ação de vândalos. O investimento do governo federal é de R$ 1,2 milhão, repassado à prefeitura de Assú para que a obra fosse tocada. “Ministério Público Federal em Assú instaurou inquérito civil para apurar os motivos do atraso e, eventualmente, buscar a responsabilização dos envolvidos. Como diligências iniciais, foram juntados ao inquérito cópias das reportagens e dos vídeos que estão circulando na internet e foram requisitadas informações à Prefeitura Municipal de asso quanto ao assunto”, informou ao portalnoar.com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal. Um vídeo que circula nas redes sociais feito por moradores do município indignados com o abandono dá o tom do descaso. Responsável pela obra, a Três Construtora pede um reajuste à prefeitura para completá-la. Com a ação dos vândalos, no entanto, o valor da construção deve ser elevado em razão da necessidade de reparos.

Postado por

ezequiel_ferreira_01O Rio Grande do Norte está há mais de quatro anos sofrendo com a seca prolongada e esse fato implica não só nas dificuldades de abastecimento de água, que atingem a maioria dos municípios, mas também provoca uma grave crise econômica na produção agrícola e pecuária do Estado. “É uma estiagem que já ultrapassa os 1.500 dias. A Assembleia mobiliza a classe política, as lideranças e a população em busca de ações para enfrentar essa situação”, enfatiza o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

Para Ezequiel é preciso sensibilizar o Governo Federal a garantir recursos –  mesmo com o corte no Orçamento Geral da União – para a conclusão das obras de transposição das águas do Rio São Francisco e isso só será possível se o Nordeste estiver unido. O corte no orçamento é da ordem de R$ 69,9 bilhões.  “É preciso unir as forças. Hoje, mais de 40 milhões de habitantes sofrem com escassez hídrica. A luta terá respaldo das bancadas do Rio Grande do Norte, a Paraíba e os demais estados nordestinos com desafios no combate à seca”, enfatiza. (mais…)

rosalba brasiliaDepois das tentativas de fusão com o DEM, o PTB no Rio Grande do Norte pode ficar sob o comando da ex-governadora Rosalba Ciarlini. Ela tem até o início de outubro para definir seu rumo político.

O ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico,Benito Gama, tem estimulado Rosalba a aceitar a proposta, já que ele tem influência na Executiva Nacional do PTB. Enquanto isso, a ex-governadora uma definição do seu destino no TSE.

robinsonJHA afirmação acima é do governado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. Dada ao jornal da 95 FM. “A mídia só dá notícia negativa. Porque não compara os índices de violência do RN com os da PB e PE? Porque lá está pior do que aqui”, disse.

“A sensação de insegurança é motivada pela mídia. Infelizmente, grande parte da mídia está motivada e sendo pautada para fazer oposição ao governo”, declarou o governador, lembrando que, felizmente, trata-se de uma minoria e facilmente identificável: a mídia pertencente aos adversários políticos.

“É uma minoria agressiva inconformada com a derrota que fica torcendo contra o Estado. E fica gerando sensação de pânico na população”, afirmou. Segundo Robinson, “aproveitam um assalto e uma fatalidade, e no outro dia já nasce uma campanha contra o governo”.

Para ele, está claro que existe uma orquestração política. “Parece que comemoram quando ocorre uma tragédia, celebram em vez de ficarem solidários quando ocorre um homicídio”.

Por Visor Político

Conforme o blogue já noticiou, o ex-deputado Ney Lopes de Souza e seu o filho, Ney Júnior, vão desembarcar no PSD. O convite partiu do presidente da legenda no estado, governador Robinson Faria. E o próprio Ney Júnior, que é o atual diretor do IPEM, contou a novidade pelos Instagram.

 

Obra está abandonada. (Foto: deolhonoassu.com.br)

Obra está abandonada. (Foto: deolhonoassu.com.br)

A Procuradoria da República no Rio Grande do Norte abriu um procedimento para apurar por que mais de um milhão de reais do governo federal já foi empregado em uma UPA em Assu sem que o equipamento tenha sido entregue.

Conforme noticiada nas redes sociais e na imprensa estadual, a Unidade de Pronto Atendimento está abandonada e depredada pela ação de vândalos. O investimento do governo federal é de R$ 1,2 milhão, repassado à prefeitura de Assu para que a obra fosse tocada.

“Ministério Público Federal em Assu instaurou inquérito civil para apurar os motivos do atraso e, eventualmente, buscar a responsabilização dos envolvidos. Como diligências iniciais, foram juntados ao inquérito cópias das reportagens e dos vídeos que estão circulando na internet e foram requisitadas informações à Prefeitura Municipal de Assu quanto ao assunto”, informou aoportalnoar.com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal.

Um vídeo que circula nas redes sociais feito por moradores do município indignados com o abandono dá o tom do descaso. Responsável pela obra, a Três Construtora pede um reajuste à prefeitura para completá-la. Com a ação dos vândalos, no entanto, o valor da construção deve ser elevado em razão da necessidade de reparos.

 

 

TJRN

A presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte prorrogou por mais 15 dias a realização do censo no âmbito do Poder Judiciário potiguar de servidores efetivos, comissionados, cedidos e estagiários. De acordo com a Portaria nº 987/2015, o novo prazo é 15 de julho. A finalidade do levantamento é formar um cadastro atualizado do quadro funcional de cada Órgão, Unidade Jurisdicional e Administrativa. O normativo foi publicado na edição do Diário da Justiça Eletrônico (DJe) do dia 1º de julho.

Obra está abandonada. (Foto: deolhonoassu.com.br)

Obra está abandonada. (Foto: deolhonoassu.com.br)

A Procuradoria da República no Rio Grande do Norte abriu um procedimento para apurar por que mais de um milhão de reais do governo federal já foi empregado em uma UPA em Assu sem que o equipamento tenha sido entregue.

Conforme noticiou o portalnoar.com, nessa terça-feira, a Unidade de Pronto Atendimento está abandonada e depredada pela ação de vândalos. O investimento do governo federal é de R$ 1,2 milhão, repassado à prefeitura de Assu para que a obra fosse tocada.

“Ministério Público Federal em Assu instaurou inquérito civil para apurar os motivos do atraso e, eventualmente, buscar a responsabilização dos envolvidos. Como diligências iniciais, foram juntados ao inquérito cópias das reportagens e dos vídeos que estão circulando na internet e foram requisitadas informações à Prefeitura Municipal de Assu quanto ao assunto”, informou ao portalnoar.com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal.

Um vídeo que circula nas redes sociais feito por moradores do município indignados com o abandono dá o tom do descaso. Responsável pela obra, a Três Construtora pede um reajuste à prefeitura para completá-la. Com a ação dos vândalos, no entanto, o valor da construção deve ser elevado em razão da necessidade de reparos.

Fonte: http://portalnoar.com/mpf-abre-investigacao-para-apurar-abandono-de-upa-em-assu/

Facebook