Os professores da UERN analisam hoje (07) a proposta do governo, que prometeu um reajuste de 12,035% em forma de auxílio e sem contemplar os aposentados. A assembleia será às 9h, na Aduern.

IMG_1643O Ministério Público Federal reafirmou nesta segunda-feira (6) que há um procedimento aberto para investigar o abandono de uma unidade de pronto atendimento no município de Assu.

O órgão federal foi provocado pelo portalnoar.com depois que a assessoria de imprensa da Prefeitura de Assu, através de uma nota, negou a investigação e questionou a credibilidade da reportagem que noticiou a investigação e o descaso do abandono.

O procedimento, de autoria do procurador Victor Albuquerque de Queiroga, foi aberto em 2 de julho, tendo por base “as notícias veiculadas nas redes sociais de que a obra de construção da UPA do Alto de São Francisco está abandonada e é objeto de depredações por vândalos”.

Abaixo, a íntegra da portaria que instaurou a investigação e que não reste mais dúvidas das investigações:

O Ministério Público Federal (MPF) em Assu, em conjunto com o Ministério Público do Estado (MP/RN), enviou 26 recomendações à Prefeitura de Ipanguaçu cobrando ações com vistas à melhoria da qualidade na rede de ensino do Município. As recomendações refletem o diagnóstico desenvolvido pelo projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc).

Desde janeiro, MPF e MP/RN vêm recolhendo informações junto a professores, diretores e conselheiros, a respeito da situação das escolas de Ipanguaçu. Essa etapa foi complementada com visita às escolas e com uma audiência pública, realizada em 23 de abril.

O trabalho é coordenado pelo procurador da República Victor Queiroga e pela promotora de Justiça Kaline Almeida, da Promotoria de Ipanguaçu. Os dois assinam as 26 recomendações, que tratam de assuntos como infraestrutura, alimentação escolar, falta de computadores e bibliotecas, avanços na gestão, entre outros temas. (mais…)

henrique derrota

Depois de sofrer duas importantes derrotas para o governador Robinson Faria, a primeira para o Governo do Estado e a segunda para a presidência da Femurn, o ministro Henrique Alves, comemorou a vitória do prefeito de Carnaubais, Júnior Benevides, como se fosse fruto da sua exclusiva influência política e do seu mérito pessoal de líder estadual da oposição ao Governo do Estado.

No mínimo, o raciocínio do ministro Henrique Alves é, uma presunção infantil e ridícula de quem desconhece a força e o prestigio político do ex-prefeito cassado Luizinho Cavalcante (PSB). O maior mérito pela vitória de ontem do prefeito Júnior Benevides, do PSB, é do ex-prefeito Luizinho, a maior liderança política do município que teve papel importante e fundamental na derrota de Dinarte, candidato do governador.

É claro que a vice-prefeita eleita, Alzenir de Souza, do PMDB, teve papel importante por causa da influência e do prestigio político do seu marido e médico, o ex-prefeito Zenildo Batista. Na realidade, a importância de Henrique é algo secundário e quem conhece a política de Carnaubais, sabe que o ministro não esta com essa ‘bola’ toda no município. Na campanha de 2012, o então deputado Federal Henrique Alves subiu no palanque de Dinarte Diniz e Alzenir.

Na realidade, o governador Robinson Faria não perdeu para o ministro Henrique Alves e muito menos para o PMDB. Robinson perdeu a eleição para o ex-prefeito Luizinho. Em 2012, Henrique, Garibaldi e o PMDB em peso apoiaram o democrata Dinarte Diniz que tinha a peemedebista e hoje vice-prefeita eleita, Alzenir de Souza, como candidata a vice-prefeita do candidato do DEM.

Na verdade, o ministro Henrique Alves impôs uma derrota ao DEM do senador José Agripino e ao seu filho, o deputado federal, Felipe Maia.

VT

al_tj

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) fez reunião extraordinária nesta segunda-feira (6) para ouvir representantes do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte (SISJERN) da posição da categoria sobre três Projetos de Leis Complementares provenientes do Tribunal de Justiça que chegaram à Comissão.

“Estamos cumprindo o nosso compromisso de escutar os interessados em projetos que chegam a esta comissão, de uma forma democrática. Jamais iríamos votar essas matérias sem ouvir os servidores que nos pediram esse espaço”, afirmou a presidente da CCJ, deputada Márcia Maia (PSB), na abertura dos trabalhos.

Dois projetos serão relatados pelo deputado Albert Dickson (PROS) e um por Carlos Augusto (PTdoB). Participaram da reunião os deputados Márcia Maia, Carlos Augusto, Albert Dickson, Gustavo Fernandes (PMDB) e José Adécio (DEM) que fazem parte da Comissão e mais o deputado Fernando Mineiro (PT), que é líder do Governo na Assembleia.

audiencia_saude

A Assembleia Legislativa promoveu nesta segunda-feira (6) uma audiência pública para discutir e propor soluções para o atendimento à saúde dos profissionais de segurança pública. O debate, proposto pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB), reuniu representantes das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte.

“Os agentes são fundamentais para garantir a segurança da população. A carga de estresse a qual esses profissionais são submetidos no dia a dia comumente resulta em problemas emocionais, o que leva ao afastamento dos mesmos. O debate é fundamental para apontar caminhos que melhorem o atendimento à saúde dos agentes de segurança e seus familiares”, disse Cristiane.

Ao final da audiência, a deputada Cristiane Dias disse que será encaminhado requerimento à secretária de segurança solicitando que o concurso público anunciado por ela contemple vagas para profissionais de saúde. Cristiane também pede a reativação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e da Maternidade da Polícia Militar.

A parlamentar sugeriu ainda a possibilidade de contratação de atendentes para o Centro Clínico da PM e a elaboração de um Projeto de Lei para contratação temporária de profissionais de saúde para atuarem nas Unidades Básicas anunciadas pelo Coronel Roberto Galvão.

“Grande parte dos problemas desses agentes é consequência de um efetivo aquém do necessário, que acarreta em sobrecarga de trabalho e estresse emocional. Precisamos de um concurso público para assegurar mais agentes em atividade e oferecer um atendimento digno aos profissionais de segurança e à sociedade”, concluiu Cristiane.

11698426_859055060845911_8786359001523176112_nO secretario de saúde de Ipanguaçu vem desempenhando um excelente trabalho na cidade Ipanguaçu isso não é mais novidade, ele vem trabalhando dia a dia sem parar, no inicio quando assumiu a pasta foi muito criticado por que ele chegou e ajustou toda secretaria e chamou todos os funcionários da saúde que estavam em outras pastas, hoje a secretaria de saúde de Ipanguaçu é um verdadeiro destaque e tendo todo esse destaque de Tales Praxedes, com ajuda de Valderedo Bertoldo, vem se concretizando em toda a Ipanguaçu a informação que os candidatos do prefeito Leonardo será Tales Praxedes Prefeito Valderedo Bertoldo Vice… Muitas aguas poderão rolar daqui pra frente…

prefeito Ivan Padilha

Sobe para 11 o número de candidatos a pré-candidatos a prefeito nas eleições de 2016.

Na oposição ao prefeito Padilha, foi formado um ‘centrão’  com seis nomes: o vereador Carlos Montenegro,  Dr Márcio, o empresário Antônio Biliquinha, a vereadora Zilda, o vereador e presidente da Câmara Valdemar  e o presidente do Sindicato dos Servidores Isaac .

De acordo com as informações, os  seis assumiram o compromisso de apoio a quem estiver melhor na fita em uma pesquisa que planejam realizar.

O bloco também irá fazer oposição ao eterno candidato a prefeito Gustavo.

Do lado de Padilha, os nomes que sonham em sentar na cadeira de prefeito quando ele se levantar seriam: Fernandinho, Dr. Márcio, o secretário Ricardo, o secretário de Obras Adailton e a vice Drª Laíz.

Fonte: http://www.blogdoalto.com.br/

ASSÚ
06 - jul/2015

ASSU: OBRAS PARALISADAS

Elisangela_VereadorA Vereadora Elizângela Albano continua visitando as obras municipais que estão sendo edificadas em nossa cidade.

Desta vez, a Vereadora visitou as obras da UBS do bairro Frutilândia e pôde constatar que estas estão paralisadas, trazendo transtornos a população, que aguarda ansiosamente a conclusão das obras, para que possam ter um atendimento cada vez melhor.

Elizângela Albano que tem dedicado o seu mandato as questões da saúde, sempre levando o discurso de que a melhoria da qualidade de vida depende basicamente dos investimentos em promoção da saúde, espera que o executivo municipal, através da secretária responsável pela pasta, venha trazer explicações a respeito da paralisação das obras.

Destaca-se que os investimentos para a construção das obras é do Governo Federal.

11698826_857608974323853_1123569205279072689_n 11695752_857608840990533_2385000087508383530_n 11659481_857608954323855_625614640302422166_n

10361572_857609057657178_6680505583391617003_n

 

download (2)Quero parabenizar o prefeito Titico-PMDB, e seu grupo político, por terem se esforçado para viabilizarem a obra do saneamento de sua cidade, Porto do Mangue. Sabemos que os recursos são do governo federal, mas, para chegarem  precisa de um projeto, uma decisão e uma boa articulação.

Fico feliz em ver a simpática cidade ter a realização desta obra tão importante. Agora está faltando apenas a liberação do IDEMA, para iniciar a obra. Para isto o prefeito Titico, acompanhado de uma comitiva vereadores, estiveram no IDEMA em Natal,  buscando que o mesmo agilize a liberação ambiental para poder dar início a obra.

Facebook