534447_318160598268696_1620965427_nA maior prova do desgaste político do Prefeito Ivan Júnior é a indiferença dos assuenses ao seu GOVERNO terminal. Você não lê ou escuta comentários sobre ações e atitudes administrativas. O que mais repercute é o grandioso volume dos contratos da família do prefeito, R$ 1.500.000.000,00 ( hum milhão e quinhentos mil reais), é uma casta de muitas posses e grande privilégio. Durante sua primeira campanha, me informaram, usava como símbolo dos seus sentimentos o TERÇO DE JESUS. Acabou as feiras, acabou a ZPE do SERTÃO e não fez nada para melhorar a vidas dos mais pobres; mensagem e razão de todo sacrifício de VIDA E DE MORTE DE JESUS. A única família que prosperou foi a sua e uns poucos amigos. Agora se encontra NO LIMBO: lugar para onde vão as almas que não merecendo ainda ir para o inferno, por não terem cometido pecado mortal, não podem entrar no céu antes de sua redenção. Ou seja, não sabemos o que se acoberta dentro da Prefeitura, para julga-lo de forma mais justa. Pois os Ex-Prefeitos, pelo que se lê, são mais expostos ao conhecimento do povo, junto com seus erros. Isso reflete no fato da falta de credibilidade até na hora de contratar pesquisa de avaliação administrativa. Abs Eridu

lula

barragem-armando-ribeiro-goncalves

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves amanheceu nesta sexta-feira (15) com um volume d’água de 716,1 milhões de metros cúbicos. Está na cota 41,93 m. No ano de 2014, nessa mesma data, o volume era de 1 bilhão de metros cúbicos.

robinson_UERN

O governador Robinson Faria e representantes dos servidores da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte se reuniram para tratar do reajuste salarial da categoria. Após a audiência, o chefe do Executivo Estadual anunciou que será necessária uma semana para que se tenha uma conclusão sobre a proposta de reajuste de 12%. O pleito da categoria – negociado no ano passado – será submetido à Consultoria Geral do Estado, que dará o parecer definitivo.

Faria pediu paciência e compreensão aos professores, alegando que todas as possibilidades serão estudadas neste prazo. “Não posso dizer ainda nem que sim nem que não. O ‘sim’ é o que está na vontade do governador”, sinalizou Robinson, ponderando, no entanto, que é preciso analisar minuciosamente a situação pela ótica jurídica, já que o estado está no limite legal da Lei de Responsabilidade Fiscal.

lula

saudeA próxima edição da Quinta Jurídica, que ocorrerá, na quinta-feira (dia 21,) trará como tema “Aspectos Polêmicos da Judicialização da Saúde”. Os palestrantes da noite serão a Juíza Federal Gisele Leite; a promotora de Justiça Iara Pinheiro de Albuquerque; e o procurador-chefe da União no RN Francisco Livanildo da Silva.

A inscrição da Quinta Jurídica é gratuita e para efetivar é necessário acessar o site da JFRN (www.jfrn.jus.br ) e clicar no link “Eventos JFRN/Quinta Jurídica”. A inscrição será validada no dia do evento, mediante a entrega de dois quilos de alimentos não perecíveis. A Quinta Jurídica começará às 19h, no auditório da JFRN. O evento é promovido pelo núcleo no Rio Grande do Norte da Escola de Magistratura Federal.

Está rolando nas redes sociais..
15 - maio/2015

Pesquisa do prefeito deixa povo indignado nas redes sociais de Assú

11251615_828277017208700_2089034415_n11258953_828276977208704_1211358284_n A pesquisa “encomendada” pela CDL deixou o povo indignado nas redes sociais em Assú. O motivo maior foi que segundo a pesquisa, apenas 5 % da população assuense considerou a saúde como um dos menores problemas que afligem a sociedade, mesmo em meio ao caos que se vive nos hospitais e postinhos da cidade. “Só pode ser pegadinha, tive que ir com minha filha pra Mossoró, por falta de médicos no Hospital de Assu.” Disse um dos internautas. “Foi feita só com o povo do trabalho e trabalho pq aki na minha casa não passou”. Disse outro popular contestando a pesquisa. Pra completar uma auxiliar do prefeito foi ao rádio dizer que a responsabilidade do Hospital é do estado. Ou ela não sabe do termo cooperação do Estado e a prefeitura ou quer se livrar da culpa que é o mais fácil. E o povo, nas redes sociais e nas ruas, é só de olho em tantas desculpas, mudanças e ações que é bom… Nada!

 

lula
Blog De olho no Assú
15 - maio/2015

A verdadeira segurança que preocupa o prefeito de Assú

543485_318160574935365_438755353_n

O prefeito Ivan Junior é mesmo um aliado indigesto. Sem saber de credibilidade ou de área de atuação, mais um cartucho foi queimado na sua gestão. Desta vez, a CDL foi a vítima. Precisa fazer uma pesquisa para saber que a situação da segurança está calamitosa no município? Todos os dias acontecem arrastões, assaltos, mortes e várias cenas violentas na cidade do Assú que já se tornaram figurinha carimbada nos blogs e notícias policiais do estado e comprovam tal índice. Aí o prefeito quer saber sua avaliação e pergunta qual o maior problema da cidade. Segundo a pesquisa encomendada pela CDL, o que mais preocupa o povo é a insegurança vivida, atualmente. Pronto! O sabido do Vale aproveitou e botou a culpa na falta de segurança como motivo para realizar a pesquisa. Seria mais honesto com a população se dissessem que foi mesmo uma pesquisa avaliativa de governo. Fugiu da raia e queimou a CDL que tenta justificar o injustificável: Porque o comércio quer saber o secretário mais bem avaliado de Ivan Jr? Em que isso ajuda aos comerciantes da cidade? Quantas controvérsias! Na verdade, a segurança que preocupa o prefeito Ivan é se o nome do seu sucessor IDEAL está garantido ou não na disputa ano que vem. Essa sim ele se preocupa! Nos poupe…

lula
Gabinete Civil
15 - maio/2015

Tatiana Mendes presta contas do Gabinete Civil

tatianaPassados os quatro primeiros meses de governo, o Gabinete Civil do Estado do Rio Grande do Norte divulga através de release economia de 18% nos gastos em relação ao mesmo período do ano passado. Os números foram alcançados a partir da nova administração, que intensificou fiscalização nos contratos, otimizando os processos de gestão, reduzindo os gastos com mão-de-obra, diárias, passagens aéreas e manutenção.

No comparativo, os gastos que representaram maior economia foram os destinados à telefonia móvel (62%) e manutenção de veículos, com redução de 83% no quadrimestre. Enquanto em 2014, durante os quatro primeiros meses do ano, foram gastos R$ 790.578,93, em 2015, no mesmo período, o custeio teve uma redução de R$ 145.624,71, fruto de austera política de contenção de gastos, somados à ampliação da fiscalização dos contratos. (mais…)

lula

dinheiro pelo raloEstimativas oficiais mostram que o déficit do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), sistema público de previdência que atende aos trabalhadores do setor privado deverá aumentar substancialmente nos próximos 45 anos mesmo sem as alterações no chamado fator previdenciário – aprovadas nesta quarta-feira (13) pela Câmara dos Deputados.

rogerio_discurso

O impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a ser abordado no plenário da Câmara dos Deputados. Em discurso na Casa, o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN) realizou uma breve retrospectiva do “desgoverno” petista e disse que, comprovados os “crimes” por parte da presidente, é a favor do impeachment.

“Estamos atentos a todo este imenso desgoverno, que se agravou com a perda total de credibilidade da Presidente da República. Estamos ao lado do povo e da Constituição e dos princípio que garantem a democracia plena no país. Somos pelo rigor na apuração de todos os ilícitos praticados por essa gente no poder. Caracterizados os crimes, inclusive pela presidente, somos a favor da aplicação do impeachment, a cassação do mandato da chefe do Executivo”, disse Rogério na tribuna da Casa. (mais…)

Blog De olho no Assú
15 - maio/2015

MOSSORÓ: SILVEIRINHA SUPERA ODORICO PARAGUASSU

bem-amado

O prefeito Silveira Júnior (PSD) – há pouco tempo – processou o jornalista Dinarte Assunção por este ter comparado a sua gestão com a de Odorico Paraguassu, prefeito da cidade fictícia Sucupira, criada pelo dramaturgo Dias Gomes no “Bem-Amado”, exibida pela Globo em 1973.

Dinarte havia noticiado  em forma de crítica à ação da Prefeitura de Mossoró de ter colocado a logomarca do município em caixões de defunto distribuídos a famílias carentes.

Foi inevitável a comparação com as tramas de Odorico, carregadas de coisas sem noção, com propósito único de aparecer e ganhar popularidade, porém, sempre mal-sucedido.

Ao invés de aceitar a crítica, corrigir o erro, Silveira optou pelo caminho da Justiça na tentativa de amordaçar o jornalista, botando de lado os entretanto e partindo logo pros finalmente, como diria Odorico, por entender que a crítica era coisa “marronzista e badernenta”, no vocabulário paraguassuense.

Como não admitiu o pecado de enterrar a imagem da cidade nos ataúdes, o prefeito mossoroense não se corrigiu. Daí, a certeza de que outros episódios nos moldes sucupirianos seriam questão de tempo.

kit_mossoro

E foi exatamente o que aconteceu no último domingo, 10, Dia das Mães. A gestão Silveira presenteou as mamães residentes em comunidades pobres da cidade com kits de limpeza, formado por desinfetante, lava louça, sabão em pó, além de óleo, tempero, corante e sazon.

É ou não é de matar Odorico Paraguassu de inveja?

Imagine, você leitor, presentear a sua mãe, em data de significado especial, com um litro de desinfetante ou uma caixa de sabão em pó?

A ação sucupiriana provocou revolta no primeiro momento, pois as “beneficiadas” e seus familiares se sentiram humilhadas, agredidos, discriminados. Nem os dois tabletes de chocolate, incluídos no “kit mamãe”, adoçaram o humor das pessoas atingidas.

No segundo momento, a chacota. A gestão de Silveira está sendo motivo de piada nos quatro cantos da cidade e do Estado. As pessoas perguntam, às gargalhadas, se já recebeu o “kit mamãe” da Prefeitura.  Por gravidade, voltou com força a comparação de Mossoró com Sucupira.

O “agrado” no Dia das Mães está inserido na estratégia do prefeito de reverter o alto índice de impopularidade, que beira os 80% de reprovação, segundo pesquisa Consult/Blog do BG. Certamente, outras coisas virão. Se tiverem a mesma repercussão do caixão carimbado e do kit mamãe, aí o prefeito deve copiar Odorico outra vez e recorrer ao assessor mais próximo:

“Seu Dirceu, não fique aí com essa cara de seu-Malaquias-cadê-minha-farofa! Tome os providenciamentos necessários.”

Sucupira é aqui.

Por César Santos, do Jornal de Fato

Logo

Facebook