Na manhã desta quinta-feira, dia 23 de maio, a Prefeita de Martins, Olga Fernandes, recebeu no Meu Quintal Bistrô em Mossoró, a imprensa mossoroense para apresentar a XIII Edição do Festival Gastronômico e Cultural de Martins.

Na oportunidade a gestora falou do evento, que, hoje, é um dos maiores da região, oferecendo uma programação diferenciada, com enfoque em estilos musicais como jazz, blues e MPB, oferecendo ainda uma programação cultural que busca promover os artistas regionais, além, é claro, das várias opções gastronômicas como food trucks, lanchonetes, petiscarias, cachaçaria, cervejaria, vinícola e restaurantes renomados do Estado.

O Festival Gastronômico e Cultural de Martins acontecerá nos dias 12, 13 e 14 de Julho.

Além de jornalistas, blogueiros e “digital influencers”, o momento contou com a presença de convidados especiais como a vice-prefeita de Mossoró Nayara Gadelha e repretantes da Universidade Potiguar – UNP.

Ao final do evento, a Prefeita entregou convites do festival a todos os presentes e agradeceu pela presença.

Depois da entrada de um grupo internacional no quadro acionário —a Glencore, que adquiriu 78% da empresa— a ALE dá mais um passo em direção à ampliação de sua atuação no mercado de combustíveis do país. Para alcançar esse objetivo, o capital humano é um dos principais ativos da quarta maior distribuidora de combustíveis. Nesse sentido, a ALE lança hoje (14) o Programa de Trainee 2019.

Estudantes que tenham se graduado no intervalo de julho de 2017 a julho de 2019 podem se candidatar no Programa de Trainee da ALE Combustíveis 2019. O programa oferece, nesta edição, sete vagas para quaisquer cursos de graduação na modalidade bacharelado. O período de inscrições é de 14 de maio a 16 de junho e as admissões estão previstas para agosto deste ano. (mais…)

Essas promoções de compras de lançamentos de aparelhos celulares da SAMSUNG em algumas, ou na maioria das lojas VIVO, com a promessa de receber “BRINDES” não passam de enrolação. No final das contas quem se ‘ferra’ mesmo é o cliente que é ‘enrolado’ pelo vendedor que promete que ele (o cliente) receberá um brinde da empresa… tipo… carregador de celular.

Para receber o tal ‘brinde’ … haja PACIÊNCIA… com tantos caminhos a percorrer. Mas o cliente quase sempre cai na onda do vendedor.

Narra um cliente que...

Numa dessas compras em uma loja VIVO do Midway Mall de Natal, Piso 2, um consultor da SAMSUNG fez até um cadastro, após a compra de um aparelho SAMSUNG Not 9, prometendo que em 30 dias, no mínimo, um brinde de um “carregador” chegaria em sua residência. Passados 4 meses (a compra foi feita dia 19 Dezembro) …. NADA! Para surpresa do cliente.

Que quando foi reclamar na loja VIVO, a empresa respondeu que procurasse o SITE DA SAMSUMG. O cliente procurou se comunicar com a SAMSUNG que por sua vez mandou-o retornar a loja da VIVO onde o aparelho tinha sido adquirido. O cliente vai lá (e tome perda de tempo). A VIVO responde que é com a SAMSUNG.

Lá vai o cliente procurar, novamente, a SAMSUNG (via telefone depois de uma espera impaciente) que manda que ele vá procurar a loja e o vendedor onde adquiriu o aparelho.

Ou seja, é um exercício de paciência ou enrolação?

É somente uma pergunta.

Fonte: Robson Pires

Ocorrido hoje quinta-feira dia 23 de maio uma pequena solenidade no gabinete do prefeito do Assú, onde o mesmo assinou o Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf, operacionalizado pelo Banco do Nordeste do Brasil – BNB, beneficiando centenas de pequenos produtores rurais do município; Esteve na solenidade representantes de diversas instituições do nosso município e lideranças políticas, entre eles o vereador João Paulo Primeiro.

 

“Nosso mandato sempre participativo e lutando para o melhor em todas as áreas, na saúde educação segurança, e todas as classes trabalhadoras do nosso município, dessa vez uma ótima notícia para o trabalhador rural”, falou  João Paulo primeiro.

 

“Fico muito feliz que num instante de crise econômica que atinge todos os brasileiros, nosso prefeito deve essa atitude de eliminar débitos de centenas de pequenos agricultores do Assú, que desta forma, poderão estar novamente habilitados a procurar financiamento para seu trabalho”, Finalizou o vereador João Paulo primeiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nesta manhã de quarta feira, saindo da praça Nelson Gregório para a quadra da Escola Estadual Adalzia Emídia da Costa – gente de todas as idades caminharam pelas ruas da cidade, num gesto de plena cidadania, demonstrando sua preocupação com a exploração sexual infanto juvenil que vem se constiutuindo, num grave problema para as crianças e adolescentes.

O evento contou com a presença de Dr. Thiago prefeito do municipio que irmanado ao sentimento de responsabilidade dos educadoresm auxiliares de seu governo e demais munícipes, participaram desta fabulosa iniciativa em defesa e proteção da gurizada.

Da redação – Assú Notícia: Pelo menos três jovens discutiram e um deles tentou partir para agressão na tarde desta quarta-feira, 22 de Maio de 2019, na rua Julio Martins Fernandes, no Bairro Frutilândia, em Assú. O motivo da discussão e tentativa de agressão, é sobre o jogo Free Fire (também conhecido como Free Fire Battlegrounds ou somente Free Fire) é um jogo eletrônico mobile de ação-aventura do gênero battle royale, desenvolvido pela 111dots Studio e publicado pela Garena. O jogo obteve um beta aberto em novembro de 2017 e foi lançado oficialmente para Android e iOS em 4 de dezembro de 2017.
O jogo consiste de até no total de cinquenta jogadores que caem de paraquedas em uma ilha em busca de armas e equipamentos a fim de matar os outros jogadores. Os jogadores escolhem à vontade a posição inicial, pegam armas e suprimentos para aumentar o tempo de vida na batalha.
Os jovens discutiam e um deles que estava numa motocicleta do tipo shineray, tentou desferir um soco contra outro jovem, que estava em pé. Alguns minutos de discussão, os jovens acalmaram os ânimos e conversaram normalmente.

Blog De olho no Assú
23 - maio/2019

Programa CESTAS DO BEM em Carnaubais

Por determinação do dr Thiago Meira, dezenas de famílias carnaubaenses foram contempladas com cestas básicas agora pela manhã na sede da SEMTHAS.
Emocionada; uma beneficiária do programa disse: “Tô amando esse prefeito”.
ASSECOM – Assessoria de comunicação

Em ato solene agendado para esta quinta-feira, dia 23, ao meio-dia, no gabinete do prefeito Gustavo Montenegro Soares, na Cohab, o chefe do Executivo assuense assinará o Termo de Liquidação do Crédito Rural via Pronaf, operacionalizado pelo Banco do Nordeste do Brasil – BNB, beneficiando centenas de pequenos produtores rurais do município. A projeção é de que o montante financeiro a ser abatido chegará à soma de R$ 2,3 milhões, correspondendo a 339 operações de crédito realizadas pela agência do BNB local.

O gesto de Gustavo Soares possui amparo na Lei Municipal nº 655, de 16 de abril passado, que autoriza o município do Assú a firmar termo de liquidação de dividas ou renegociação dos pequenos agricultores familiares. “Fico muito feliz que num instante de crise econômica que atinge todos os brasileiros, nossa gestão possa ter esta atitude de eliminar débitos de centenas de pequenos agricultores do Assú que, desta forma, poderão estar novamente habilitados a procurar financiamento para seu trabalho”, disse o prefeito.

Para o investimento que sanará as dificuldades de aproximadamente 200 pequenos agricultores familiares e produtores rurais, a Prefeitura do Assú aportará a quantia de R$ 65.000,00 (Sessenta e cinco mil reais) por intermédio de fundo específico que será criado com este propósito. A cerimônia contará, além do prefeito, com a presença da vice Sandra Alves, gerente do BNB Aroldo Fernandes, secretários, vereadores, representantes de entidades sindicais e cooperativistas rurais, órgãos de imprensa, dentre outras entidades e instituições do município.

Imagem: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Blog De olho no Assú
23 - maio/2019

PREFEITURA DE ITAJÁ REALIZA ATITUDE CIDADÃ NA ACAUÃ

Os moradores da Acauã foram beneficiados, na manhã deste hoje (22) com as ações de saúde e cidadania oferecidos pelo Projeto Atitude Cidadã Prefeitura Municipal de Itajá. As atividades foram realizadas na Escola Municipal Joaquim Feliciano da Silva, na Unidade Básica de Saúde Vanuzia da Silva e na Associação Comunitária, dentro da perspectiva de aproximar a gestão municipal e chegar mais perto de quem precisa para garantir uma assistência a esta população.

“A nossa gestão busca humanizar e democratizar o acesso de todos aos serviços oferecidos pela Prefeitura e garantir, por exemplo, mais saúde, ação social, educação e lazer de qualidade. Através das ações de saúde e cidadania, nós levamos os serviços essenciais que oferecemos a todos os setores do nosso município e ampliamos a assistência em diversos setores. Esse trabalho preventivo que estamos fazendo aqui auxilia e se integra aos serviços que prestamos nos postos de saúde, no Cras e nas secretarias”, afirmou o prefeito Alaor Pessoa.

Durante a ação, foi oferecido atendimento médico e saúde bucal, enfermagem, orientação nutricional, testes rápidos de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), vacinação, fisioterapia, atendimento jurídico, de assistente social, psicológico e além de serviços sociais como corte de cabelo, doação de mudas de plantas e atendimento do Conselho Tutelar.

O evento também contou com atrações culturais como os grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV, programa Criança Feliz além da distribuição de mudas e com o atendimento do prefeito Alaor Pessoa que instalou o gabinete na Atitude Cidadã. A Ouvidoria estava também abrindo um canal de comunicação direta com a população para ouvir sugestões, elogios, esclarecimentos, denúncias e reclamações.

Fonte: Página do facebook/PMI

A Justiça determinou que o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN) anule o procedimento de credenciamento de fabricantes e estampadores de placas no padrão Mercosul. A medida deve ser tomada com “urgência” e, em caso de descumprimento, o diretor-geral do órgão deverá pagar multa diária de R$ 10 mil.

A decisão foi proferida nesta terça-feira (21) pela 6ª vara da Fazenda Pública de Natal, após pedido do Ministério Público do Estado, dentro da operação Chapa Fria, deflagrada em abril. A investigação apura o direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul, com o objetivo de favorecer um grupo de empresas.

Os indícios são de que os investigados estabeleceram requisitos e impuseram obstáculos nas normas locais (edital e regulamento) que não constavam nas resoluções do Denatran. Com isso, eles impuseram empecilhos técnicos e direcionaram o processo de credenciamento em favor de determinadas empresas.

Ainda segundo o que já foi investigado, para obter o controle total do processo de credenciamento e realizar a manipulação pretendida, foi criada uma comissão de credenciamento de fachada, cujos membros designados eram servidores do Detran que sequer sabiam que integravam esse grupo e jamais praticaram quaisquer atos dos que foram publicizados e inseridos fraudulentamente no sistema eletrônico de informações do órgão.

A decisão

Com a decisão atual, o Detran fica obrigado a cadastrar, em 48 horas, todas as empresas fabricantes de placas de identificação veicular e empresas estampadoras já devidamente credenciadas e que atendam às exigências do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A ordem abrange as empresas que ainda não tiveram seus pedidos avaliados e as empresas que tiveram seus pedidos denegados. Outra medida imposta na decisão judicial é que o Detran realize a abertura de novo cadastramento, no prazo de 48 horas, para possibilitar que outras empresas credenciadas no Denatran, possam se habilitar para a produção, estampagem e acabamento de placas veiculares.

Na decisão, o juiz destaca que “há indícios de que o Detran/RN ultrapassou os limites de sua competência ao publicar o Edital de Credenciamento nº 001/2018” e que “caso a medida não seja apreciada neste momento inicial, observa-se a ocorrência de prejuízos diários ao consumidor (valores maiores para emplacamento) e para as demais empresas do setor, prejudicando as suas atividades, permitindo a continuação da concentração de mercado em número limitado de empresas”.

Por G1 RN

Facebook