A CNN  entrevistou o empresário Abilio Diniz. Ele falou sobre a crise econômica causada pelo novo coronavírus e os impactos e temores que ela tem causado nas pessoas.

“Esta crise que estamos vivendo agora é, sem dúvida nenhuma, a crise mais violenta que já vi em toda a minha vida”, afirmou ele. “Há o medo da doença e o medo da situação econômica.”

O empresário de 83 anos, disse que o momento da pandemia “exige otimismo e empatia”. Para ele, a grande circulação de notícias negativas traz “um clima de muita aflição e muito medo” às pessoas.

“Essa crise não é diferente das outras. Ela tem início, meio e fim. Precisamos olhar para frente e ver que ela vai terminar”, afirmou.

CNN BRASIL

Emporio


A região está sendo dotada de uma viatura sanitária do tipo UTI, insumos e outros itens, proveniente da Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP), para acolher pacientes com COVID-19.O prefeito do Assú, Gustavo Montenegro Soares, comemorou, nesta sexta-feira (24), informação dada pela secretária municipal de Saúde, Lillian Fagundes, dando ciência de que está sendo reforçado o aparelho de saúde que está sob a regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Assú e no Vale.

A mencionada unidade se somará à atuação que já vem sendo desempenhada pelos dois núcleos do SAMU.

O transporte sanitário dará suporte logístico no translado intermunicipal do público infectado pelo coronavírus, especificamente os hospitalizados e necessitando ser transferidos para demais serviços de referência.

Lillian Fagundes disse que o automóvel especial e os profissionais nele lotados são todos contratados pelo Governo do Estado e estarão somando junto à equipe do SAMU que vinha sendo sobrecarregada devido à alta demanda tanto ocasionada pela COVID-19 quanto por acidentes em geral.

O serviço compreenderá o Assú e as demais cidades da 8ª Região de Saúde.

O prefeito Gustavo Soares disse que, com o incremento da frota e de recursos humanos, a partir da operacionalização da nova equipe, já iniciada nesta sexta-feira, será possível prestar um atendimento ainda mais rápido, resolutivo e eficiente.

Este carro equipado e a estrutura já existente do SAMU estão se somando ao aparelho de saúde pública local e dos demais municípios circunvizinhos no socorro permanente e incessante às pessoas afetadas tanto pela pandemia quanto por outras demandas de saúde que se verificam na região”, declara o chefe do Executivo.

Emporio


O chefe do Executivo lembrou que a obra, realizada na alçada da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, se configura em mais uma ação estruturante custeada com recursos próprios, provenientes dos impostos pagos pela população contribuinte.Cumprindo agenda administrativa na comunidade suburbana de Casa Forte, nesta sexta-feira (24), o prefeito do Assú, Gustavo Montenegro Soares, presenciou a ativação do sistema elétrico que garante o funcionamento da motobomba instalada no poço tubular equipado pela Prefeitura Municipal na referida localidade.

O secretário Paulo Morais e as vereadoras Elisangela Albano e Fabielle Bezerra, dentre outros, participaram da agenda.

Depois da perfuração e instalação do poço tubular, de onde será extraída a água potável a ser usufruída pelos habitantes de Casa Forte e adjacências, a Prefeitura do Assú trabalhou a obtenção do perfil da estrutura e o resultado da análise laboratorial que identificou o grau de potabilidade do líquido.

Posteriormente, foi providenciada a interligação do poço até as duas caixas d’água elevadas construídas na localidade, noutro investimento realizado pela administração pública municipal. A obra hídrica contou com um orçamento de R$ 27.780,00.

O empreendimento atendeu a indicação de uma emenda parlamentar impositiva no Orçamento Geral do Município (OGM) 2020 de autoria da vereadora Elizangela Albano.


O nosso blog tem sido muito procurado por parte dos cidadãos assuenses, eles reclamam do mau atendimento na Central do cidadão, por parte da direção da instituição. O que é um fato lamentável, considerando que o espaço foi pensado, justamente, para o atendimento aos populares e, quando pensamos no lidar com o público, a palavra que vem em mente é respeito. E, isso se deve ter acima de tudo, até porque, as pessoas designadas a darem expediente naquela organização, já sabiam do propósito de atender as demandas dos caras cidadãos assuenses, esperamos que seja apenas um mau entendido e que essa situação não volte a acontecer, o nosso compromisso é informar e, nesse sentido, esperamos que haja entendimento entre as partes cabíveis e que a Central do cidadão volte a manter sua linha de prestação de serviços com a educação e seriedade que costumava exercer ao longo desses anos.

Foto: Reprodução/Instagram

A atriz Deborah Secco afirmou que está impressionada em ver como o sexo “ainda seja um tabu”, após a repercussão de sua fala sobre transar mais de 10 vezes por dia com o marido, o também ator Hugo Moura, no início do relacionamento.

“Foi uma afirmação tão banal, comum. Acho louco que em 2020 ainda seja um tabu você falar que faz sexo com seu marido, o pai da sua filha. Real­men­te, não entendo”, disse a atriz em entrevista publicada hoje pela revista Veja.

Deborah também falou que as pessoas não dizem a verdade ao falarem de diversos assuntos, até mesmo o sexo, devido a tantos julgamentos na sociedade.

“Não é só com o sexo [que as pessoas falam a verdade], mas com tudo. Há julgamento, patrulha da vida alheia e a cobrança para ser o que esperam de você. As mães transam ou será que ainda é a cegonha? Não existe vida sem sexo”, ponderou a atriz que é mãe de Maria Flor, de 4 anos.

A atriz ainda comentou que é difícil voltar a vida sexual após a maternidade porque a rotina cansativa interfere demais.

“Eu, com o fim do resguardo, estava louca para voltar à ativa, mas a rotina é exaustiva. E a vida sexual não fica igual. Mas com o tempo a gente se reinventa, e a coisa volta ao normal.”

Deborah aproveitou para falar de feminismo na entrevista e relembrou que já sofreu “abusos machistas”, sem dar detalhes sobre em quais situações esses abusos teriam ocorrido.

“Sim [me defino como feminista], ainda mais agora, que virei mãe. Como todas as mulheres, fui subjugada e sofri abusos machistas. Quero que minha filha se ponha em primeiro lugar, que seja o que quiser ser e que saiba que seus desejos são legítimos e que nada é feio ou errado”, explicou.

Universa – UOL

lula

 

A Prefeitura de São Paulo anunciou que o Carnaval de 2021 foi adiado.

Em coletiva, Bruno Covas disse que as novas datas ainda não foram definidas. A expectativa é que o evento seja realizado no fim de maio ou no início de julho.

“Tanto as escolas de samba quanto os blocos entenderam a inviabilidade da realização do Carnaval para fevereiro do ano que vem (…). Nós estamos definindo com as escolas a nova data, que deve se dar a partir de maio do ano que vem. Com as festas juninas, o Carnaval deve ocorrer no final de maio ou no começo de julho.”

Emporio

Foto ilustrativa/WSL

A Marinha do Brasil emitiu um alerta para a possibilidade de ventos fortes, ressaca e mar grosso com ondas de até 4 metros de altura no litoral do Rio Grande do Norte, a partir das 9h do dia 25(sábado) até o dia 28(terça) às 21h. O aviso ainda prevê ventos fortes de até 60 km/h de Salvador (BA) à Natal (RN).

A previsão de mar grosso é de Salvador a Natal, com ondas de 3 a 4 metros de altura, válido até o dia 28 de julho às 9h.

A Capitania dos Portos do RN recomenda que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” e que as demais embarcações “redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança”.

Emporio

O deputado estadual George Soares externou seu pesar pelo falecimento de Luís Rocha Filho, vítima de um infarto. No último dia 14 de junho, ele completou 93 anos.

Luís Rocha trabalhou por muito tempo com Edgard Borges Montenegro, avô do deputado George, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Assú.

“Luís Rocha foi uma grande amigo e parceiro do meu avô Edgard. Tive o privilégio de conviver com ele, um homem íntegro e honesto. Deus conforte seus familiares,” lembrou o parlamentar.

Emporio

Na retomada do seu futebol, o ASSU precisará pelo menos de R$ 20 mil para concluir o Campeonato Estadual. O presidente do clube, Willame Dantas, informou neste sábado, 18/07, que será feita uma campanha junto ao torcedor/abnegado a fim de levantar recursos para que possa cobrir ao menos 40% dessa despesa. “As cotas da Prefeitura já foram usadas, não existe mais recurso algum. Estamos bolando uma campanha para envolver o torcedor, pedir o seu apoio, a fim de angariar recursos. Precisamos ter dinheiro para recomeçar o trabalho”, informou Willame durante sua participação no programa “Princesa Esportiva”, na Princesa 90 FM de Assu. Na volta da competição, o ASSU terá apenas dois jogos a cumprir: contra Força e Luz no dia 13 de agosto e contra o ABC no dia 16, ambos em Natal. O elenco, que foi desfeito na segunda quinzena de março por conta da paralisação do campeonato em decorrência da pandemia de covid-19, precisará ser remontado. Mesmo com o apoio da Federação que irá bancar as despesas de hospedagem nos dois jogos em Natal e também a testagem para coronavírus, o “Camaleão do Vale” precisará de dinheiro para efetuar as contratações e pagar o salário do atleta. Nesses dois jogos restantes, o ASSU lutará contra o rebaixamento. Há possibilidade de queda, embora o maior risco seja do Palmeira. O Potiguar está nesse rebolo, mas com risco bem menor. A campanha anunciada por Willame visa alcançar 100 torcedores pagando R$ 100,00 por uma camisa denominada “Amigos do Camaleão”. O dirigente disse que espera a colaboração do torcedor dado ao momento importante o qual o time precisa se fortalecer para evitar o pior.  “Não temos orçamento hoje para retomar, imagine para disputar uma segunda divisão ainda este ano na tentativa de voltar no ano seguinte. Então, o momento é de unir as forças agora para garantir a permanência do ‘Camaleão’ na elite”, falou Willame que era vice-presidente, mas passou ocupar o cargo maior devido ao afastamento temporário de Pedro Cavalcante. Sobre a remontagem do elenco, o dirigente disse que alguns jogadores que estiveram no time na 1ª etapa do campeonato serão recontratados e o complemento virá de atletas aqui mesmo do futebol estadual com a indicação do técnico Júlio Terceiro. O time se reapresentará no final do mês e terá entre 10 e 12 dias de preparação até o jogo contra o Força e Luz, considerado por todos do clube como uma “final”.
Fonte: Blog do Marcos Santos

Emporio

Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

Dando continuidade à estratégia de vacinação no Rio Grande do Norte, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), realizará a Campanha de Vacinação contra o Sarampo, de 03 a 31 de agosto, voltado para pessoas de 20 a 49 anos, com objetivo de imunizar a população contra a doença que voltou a circular no Brasil.

Com a reincidência da circulação do vírus do sarampo no país em fevereiro de 2018, o Brasil registrou, até março deste ano, 29.233 casos confirmados, com 30 óbitos causados pela doença. Em 2019, o Rio Grande do Norte registrou 11 casos de sarampo, sendo 02 importados. Neste ano, o estado não registrou nenhum caso da doença e, também, não há nenhum caso em Investigação.

Diante desse cenário, a Coordenação do Programa Estadual de Imunizações reitera a necessidade de fortalecer e intensificar as ações contra o sarampo por meio da Campanha de Vacinação, que acontecerá entre 03 a 31 de agosto, e tem como público-alvo pessoas entre 20 a 49 anos de idade.

No Rio Grande do Norte, cerca de um milhão e meio de pessoas se encontram nessa faixa etária (20 a 49 anos) aptos para vacinação. A meta é que 95% deste público seja vacinado. Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Katiucia Roseli, “a vacinação é a principal forma de proteger a população contra o sarampo, interrompendo a cadeia de transmissão do vírus, reduzindo a incidência e gravidade da doença nesse público alvo”.

Para atingir a meta de 95%, é necessário que todos os serviços de saúde, estadual e municipais, estejam mobilizados para vacinação do público-alvo. Nesse sentido, as equipes de saúde devem implementar estratégias diferenciadas de vacinação, para facilitar o acesso da população nos lugares mais prováveis e conseguir atingir a meta de vacinação.

A vacina é uma estratégia de rotina que se encontra disponível para a população durante todo o ano. “Neste momento, ressaltamos a importância de atualizar o cartão de vacina, mas lembramos que durante qualquer período do ano esta população terá acesso a esta ação”, informa Katiucia.

lula

Facebook