O deputado estadual George Soares (PR), apresentou requerimento na Assembleia do Estado, nesta quarta-feira (06), para que sejam expedidos ofícios ao Diretor Geral do DNOCS e ao Coordenador Estadual do DNOCS no RN, José Eduardo Alves Wanderley, solicitando estudo sobre as condições técnicas da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, e dos açudes de Pataxó, Mendobim e Beldroega, reservatórios da bacia do Piranhas no Vale do Açu.

“Um estudo sobre as condições técnicas dos reservatórios da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Açude do Mendobim, Açude de Pataxó e Açude de Beldroega, todos pertencentes ao DNOCS, possibilitará identificar danos que possam causar riscos de acidentes em suas estruturas além de proporcionar garantias à população de que esses açudes possuem condições de segurança no acumulo das águas permitindo utilizar medidas preventivas para emanar reparos que porventura venham apresentar problemas estruturais,” disse o deputado em sua justificativa.

Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual George Soares 

Presente nesta terça-feira, dia 5, à cerimônia oficial de abertura da Jornada Pedagógica 2019 da rede pública municipal de ensino, sob o testemunho atento de mais de 400 profissionais da Educação, o prefeito Gustavo Montenegro Soares fez uma prestação de contas de seu governo precisamente com relação ao setor. O gestor expôs uma radiografia da situação da Prefeitura, lembrando que ao iniciar o mandato encontrou-a num patamar de 62% do Limite Prudencial e, hoje, conforme dados já levantados, este indicador aparece em torno de 52%. “Isso atesta o equilíbrio econômico e fiscal do município, porque estamos agindo com serenidade, cautela e responsabilidade”, disse o prefeito.

Gustavo Soares disse que, simultaneamente ao esforço para estabelecer a regularização orientada pela Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, a administração pôde realizar importantes investimentos. “Compramos mais de duas mil carteiras escolares, além de mobiliário e aparelhos eletroeletrônicos para toda a rede escolar, mantivemos o pagamento em dia, antecipamos o terço de férias dos docentes e instituímos o fardamento escolar, um dos compromissos de campanha”, registrou. Para 2019, o chefe do Executivo reiterou o compromisso com o pagamento do Piso Nacional Salarial do Magistério relativo a 2017 e 2018 e a instituição do fardamento também para os professores.

Gustavo Soares disse ainda que haverá todo o esforço para garantir o pagamento da progressão de carreira desejada pelos servidores da Educação. O tema será tratado numa reunião este mês no Ministério Público de Contas do TCE, na capital do estado. Outra prioridade para este ano será executar todo um programa de reestruturação física compreendendo toda a rede escolar urbana e rural do Assú. O prefeito compôs o dispositivo oficial da solenidade ao lado da vice-prefeita Sandra Alves; do presidente da Câmara, Francisco de Assis (Tê); da secretária de Educação e Cultura; da chefe da 11ª Direc, Aldeíza Silva; do presidente do Sindsep-Assú, Lizandro Oliveira, dentre outros.

Imagens: Marcos Costa

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

A partir de segunda-feira, dia 4, foi aberto o calendário de inscrições para o acesso de jovens que pretendam cursar iniciação musical para, em seguida, integrar a Orquestra Filarmônica Maestro Cristovam Dantas, em Assú. De acordo com informação do secretário municipal adjunto de Cultura, Paulo Sérgio de Sá Leitão, as inscrições prosseguirão até o dia 8 de março, uma sexta-feira, no Centro de Arte e Cultura do Assú – Cenec e na Casa de Cultura Popular Sobrado da Baronesa, de segunda a sexta, entre oito da manhã e meio-dia.

O secretário frisou que a intenção é garantir a formação de novos músicos que possam possibilitar a contínua renovação de componentes e a consequente manutenção da Orquestra Filarmônica Maestro Cristovam Dantas que, reiterou o auxiliar da Prefeitura Municipal do Assú, reafirmando que a orquestra mereceu revitalização no governo do prefeito Gustavo Montenegro Soares e ocupa posição de destaque dentro da política de valorização da arte e cultura do Assú. A instituição musical foi criada em 2003 na gestão do então prefeito Ronaldo Soares.

Imagem: Reprodução

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

O prefeito Abelardo Rodrigues não tem medido esforços para trabalhar cada vez mais para o desenvolvimento do município.

Na manhã desta terça-feira (05) a secretaria municipal de obras e infraestrutura deu inicio na obra de recuperação do boeiro de drenagem próximo ao Ginásio de esporte.

Blog falando irreverente

Enviado por Fran Seixas

A Prefeitura Municipal de Lages (RN), depois de um ano (31/01/2018), publicou na edição de hoje (05/02/2019) do Diário Oficial da FEMURN, a ata do Pregão Presencial020/2018, no valor de R$ 932.133,88, beneficiando as empresas abaixo relacionadas, na aquisição de material de construção para a edilidade:

CONSTRUÇÕES BEZERRA – Angicos –R$ 486.995,48

PONTO DA CONSTRUÇÃO – Angicos –R$ 345.441,40

LUMINOZA COMERCIO – Natal – R$ 101.697,00

O presidente da Câmara municipal de Assu, vereador Tê, comemora a aprovação do piso nacional do magistério dos professores do município, em sessão extraordinária  realizada nesta manhã na câmara municipal de Assu, o projeto de lei foi aprovado por dez votos à favor, quatro ausência, um vereador de férias, o edil agradece a sensibilidade da gestão em atender esse pleito fruto da luta do seu mandato o mesmo reafirma o compromisso de lutar pela categoria, o próximo passo é lutar pela correção das tabelas, afirma o vereador.

A avaliação minuciosa dos fatos, feitas pelo jovem blogueiro Julysson Charles, chamou a atenção e já levanta especulações no meio político da cidade.

Vamos a opinião:

“Como devem ser os discursos dos vereadores, teoricamente, governistas? Como eles devem se comportar? Os governistas não são, por caso, aqueles que estão sintonizados com o projeto de governo do chefe do executivo, defendendo-o seja qual for a situação?

Em Porto do Mangue, chama-nos a atenção o silêncio dos vereadores governistas diante das fortes críticas que o prefeito Sael Melo tem sofrido desde a semana passada com relação ao problema no abastecimento de água pela Caerrn no município. Esses vereadores têm evitado conversas sobre o tema. Nenhuma nota publicada, nenhuma postagem em suas redes sociais. Eles o posicionamento sobre o problema da água que tem abalado os quatros cantos do município de Porto do Mangue é o silêncio. Silêncio carregado de mistérios por alguns desses vereadores.
Na verdade, apenas o vereador Juscelino Gregório, presidente da Câmara dos Vereadores, dito “independente”, tem reconhecido o esforço do Poder Executivo municipal para solucionar, ou mesmo amenizar, o problema no abastecimento de água pela Caern.

Do outro lado, a oposição não perdeu a oportunidade e mobilizou um modesto protesto em frente à Prefeitura. O vice-prefeito, Magnus Domingos, inclusive, esteve presente.  Também compareceu o Bispo Jenilson Maia que, conforme as conversas dos bastidores da política local, tem pretensões para as eleições de 2020. A oposição falou sobre os problemas da água, da saúde, da educação, do turismo, da infraestrutura e muito. E os vereadores governistas? Silêncio total!

Cada um tire as suas próprias conclusões, mas se alguém pensa que o silêncio não nos diz nada, está enganado. O silêncio diz tudo, ouve quem quer. ”

OPEsse silêncio aí, grita nos quatro cantos da cidade. Ouvidos ao chão como um bom índio Apache, Sioux, Cherokee, Cheyenne, Navajo ou Comanche

Após ser designado para assumir a investigação do caso que envolve o senador Flávio Queiroz (PSL) e o ex-motorista dele, Fabrício Queiroz, o promotor Claudio Calo, da promotoria de investigação penal do Rio de Janeiro, deixou a apuração.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, Calo se declarou suspeito e entregou na noite desta terça-feira (5) sua manifestação de suspeição ao promotor Marcelo Muniz, da Central de Inquéritos.

Ainda de acordo com Jardim, Calo decidiu não assumir o caso e se declarar suspeito para cuidar da investigação criminal porque teria de enfrentar conflito patente na apuração, pois ele coleciona manifestações públicas, pelo Twitter, que apontam pensamentos próximos das ideias da família Bolsonaro.

Calo chegou a dizer em uma publicação que o relatório do Coaf não necessariamente indica crime. Além disso, ele retuitou outros posts de Flávio anunciando que daria entrevistas.

Agora, com a saída de Calo, a investigação fica interrompida até que um novo promotor seja anunciado para assumir o caso.

NOTÍCIAS AO MINUTO

O presidente Jair Bolsonaro em ato assinado por Moro exonerou Marcelo Álvaro Antônio do cargo de ministro do Turismo. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União na madrugada desta quarta-feira (6).

Ele toma agora posse como deputado federal na Câmara (não havia feito isso até então). O governo ainda não se manifestou se retornará ao cargo após assumir mandato parlamentar.

Folha denunciou na segunda-feira (4) o envolvimento do ministro no esquema de corrupção de candidaturas laranjas em MG para desvio de verbas públicas.

Após indicação do PSL de Minas Gerais, presidido à época por Álvaro Antônio, o comando nacional do partido do presidente Jair Bolsonaro repassou R$ 279 mil a quatro candidatas. O valor representa o percentual mínimo exigido pela Justiça Eleitoral (30%) para destinação do fundo eleitoral a candidatas mulheres.

Dos R$ 279 mil repassados, ao menos R$ 85 mil foram parar oficialmente na conta de quatro empresas que são de assessores, parentes ou sócios de assessores de Álvaro Antônio.

Apesar de figurar entre os 20 candidatos do PSL no país que mais receberam dinheiro público, essas quatro mulheres tiveram desempenho insignificante. Juntas, receberam pouco mais de 2.000 votos, em um indicativo de candidaturas de fachada, em que há simulação de alguns atos reais de campanha, mas não empenho efetivo na busca de votos. ​

FOLHAPRESS

Facebook