Na última sexta-feira (1º) a secretária adjunta de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação da Prefeitura do Assú, Aparecida Dantas, se reuniu na Sala do Empreendedor, no Gabinete do Executivo, com o representante da Agência de Fomento do RN (AGN/RN), Bosco Medeiros.

Na pauta, a reedição do programa Microcrédito Empreendedor em Assú.

A secretária Aparecida Dantas declarou que as políticas de estímulo ao empreendedorismo contam com o apoio irrestrito da administração Gustavo Soares.

Entre as principais vantagens do Microcrédito Empreendedor estão as taxas de juros do empréstimo que são de 1,5% ou 1,7% ao mês, o prazo de até 24 meses para quitar o financiamento e os descontos de 100% dos juros para os empreendedores que pagarem as parcelas com pontualidade.

Bosco Medeiros destacou que é de fundamental importância a participação da Prefeitura para o êxito da iniciativa.

O papel da Prefeitura é essencial para acolher o interessado no microcrédito e encaminhar as providências”, disse.

O programa tem como objetivo apoiar o empreendedor através de ações integradas, voltadas para geração de ocupação e renda com sustentabilidade nos diferentes setores da economia.

Ele explicou que, por ora, a AGN/RN está priorizando a renovação cadastral de quem já participa do programa e pretende renová-lo.

Com referência à concessão de novos financiamentos, declarou que tudo ainda depende das diretrizes que serão fixadas pela nova gestão estadual.

A Agência possui aproximadamente 18 mil clientes em todo o estado.

Soco de José Aldo na linha de cintura abriu caminho para a vitória contra Renato Moicano — Foto: Getty Images
Soco de José Aldo na linha de cintura abriu caminho para a vitória contra Renato Moicano — Foto: Getty Images

 

O “Campeão do Povo” fez jus ao apelido. Uma vitória assombrosa de José Aldo na noite deste sábado no UFC Fortaleza, com um nocaute aos 44 segundos do segundo round contra Renato Moicano, o fez pular a grade e correr para os braços a torcida no Centro de Formação Olímpica. A comemoração lembrou a que ele já tinha feito no Rio de Janeiro, na primeira luta contra Chad Mendes, em 2012.

– Entrei como azarão mesmo com a história que eu tenho. Ninguém estava acreditando em mim, mas sabia que vocês estavam do meu lado. Essa vitória é nossa – disparou Aldo, dentro do octógono.

Após perder o título para Max Holloway e a revanche contra o havaiano na sequência, José Aldo emenda a segunda vitória seguida, após nocautear Jeremy Stephens na luta anterior. Esta também é a primeira vez no UFC que ele consegue duas vitórias seguidas por nocaute, ou seja, desde 2011 que isso não acontecia. Aos 32 anos, o lutador manauara da equipe carioca Nova União soma agora 28 vitórias e quatro derrotas no cartel.

José Aldo também já tinha avisado antes da luta que gostaria de estar no card do UFC 227, no dia 11 de maio, em Curitiba. Após a vitória, ele pediu ao presidente do Ultimate por sua vaga.

COMBATE

Blog De olho no Assú
03 - fev/2019

DETRAN prorroga contrato

Departamento de Trânsito do Estado do Rio Grande do Norte, prorrogou por mais 12 meses o contrato firmado com a empresa PRÁTICA SERVIÇOS DE EVENTOS LTDA, que tem como proprietário Bruno Jose Ribeiro Dantas, pelo valor de R$ 1.166.683,37.

A Cosern realizou, na manhã desta 6ª feira (01), com apoio da Polícia Militar, mais uma etapa da “Varredura”, operação que desde janeiro de 2018 identifica e desativa ligações clandestinas (o popular “gato”) em estabelecimentos comerciais e residências em todo estado.

Desta vez, a “Operação Varredura” foi realizada nos municípios de Guamaré e de Macau, na região da Costa Branca, e a Cosern identificou e desligou ligações clandestinas que abasteciam de forma irregular 467 residências em dois conjuntos habitacionais no bairro de Salina da Cruz e no Povoado Baixa do Meio, em Guamaré, e no Assentamento Nova Jerusalém, em Macau.

Equipes técnicas da Cosern retiraram os fios irregulares utilizados pelos eletrotraficantes para realizar as ligações clandestinas e seguiram para a Delegacia de Macau para abrir Boletim de Ocorrência.

Há 15 dias, a Cosern identificou e desligou 30 ligações clandestinas que abasteciam 150 residências na cidade de Areia Branca, também na Costa Branca do estado. A “Operação Varredura” vai continuar sendo feita mesmo nas cidades nas quais as equipes da Cosern já fizeram as fiscalizações. A Cosern reforça o apelo para que a população denuncie as irregularidades, de forma anônima e gratuita, pelo site (www.cosern.com.br) ou pelo telefone 116.

O “gato” de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena pode chegar a 04 anos de reclusão. Além de crime, a fraude representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A infração também provoca perturbações no fornecimento de energia e parte do prejuízo é dividida por todos os consumidores na hora do reajuste tarifário homologado pela Aneel anualmente.

Ao longo de todo o ano de 2018, a Cosern conseguiu recuperar, por meio da “Operação Varredura” quase 22 mil MWh de energia que estava sendo furtada por “gatos” – quantidade suficiente para abastecer os 17 municípios da região do Seridó durante 30 dias.

Fotos: Cosern/Divulgação

Sobre a Cosern

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), empresa do Grupo Neoenergia, é sexta maior distribuidora de energia elétrica do Nordeste em número de clientes e a quinta em volume de energia fornecida. Presente nos 167 municípios potiguares, a Cosern tem uma área de concessão de 53 mil quilômetros quadrados.  A empresa atende 1,4 milhão de clientes (3,5 milhões de habitantes).

DICAS DE SEGURANÇA COSERN

Não faça ligações clandestinas de energia elétrica. Além de crime, o “gato” coloca em riso a vida de quem faz e de quem está próximo. Denuncie a irregularidade de forma anônima no 116 da Cosern.

Blog De olho no Assú
02 - fev/2019

Governo Bolsonaro deve punir Ivan Jr.

Se as ações do novo ministro da Justiça do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) se concretizarem de fato, o juiz Sérgio Moro deve em breve começar a punir os políticos e ex-políticos que desviaram dinheiro público para satisfazerem seus desejos pessoais.

Em Assu, o ex-prefeito Ivan Júnior tem que devolver mais de R$ 13 milhões de reais para a União, devido ao desvio dos recursos enviados pelo governo federal para amenizar o sofrimento dos desabrigados da enchente que atingiu o Vale em 2009 e que deveria, também, ter sido usado para realizar obras estruturantes para combate às enchentes na cidade e não foi.

Ivan deve está se tremendo de medo ao saber das iniciativas de Moro e assombrado com o ‘Enchentão’ próximo de seu desfecho final. Ora, se até Lula foi pego, imagine Ivan Jr. Essa previsão já está sendo cogitada, tanto que o próprio Ivan já começa a pensar em outros nomes para seu grupo ao menos tentar voltar ao poder em Assu, em 2020. Te cuida Ivan que sua tornozeleira ou jaula está bem perto de serem usadas e o povo não quer mais corruptos no poder!

 

Na manhã desta sexta-feira (01), o prefeito Abelardo Rodrigues, recebeu em seu gabinete, o gerente da agência do Banco do Brasil de Alto do Rodrigues, José Carlos Barreto, e o gerente de Relacionamento do Setor Público, Isaías Linhares.

A visita de cortesia foi para estreitar o relacionamento da instituição financeira, bem como, oferecer o suporte para as soluções e demandas do município, priorizando o boa relação com a gestão e, principalmente, com o servidor público municipal, que utiliza dos serviços bancários.

Enviado por Fran Seixas

Blog De olho no Assú
02 - fev/2019

NOTA DE ESCLARECIMENTO: PREFEITURA MUNICIPAL DE ASSÚ

Em razão das dúvidas surgidas por interpretações equivocadas à matéria intitulada “Gustavo Soares autoriza custeio de 100% do deslocamento de alunos para Angicos e Mossoró”, a Secretaria de Comunicação e Ouvidoria vem a público prestar os necessários esclarecimentos.

1 – A Secretaria de Comunicação e Ouvidoria reconhece que a redação da notícia não contribui para a correta compreensão dos fatos, e dá margem para um entendimento incorreto.

2 – O que há de concreto é a decisão do prefeito Gustavo Montenegro Soares de autorizar que a totalidade dos estudantes do Assú que estudam em instituições acadêmicas e de ensino técnico em Angicos e Mossoró e que foram cadastrados e recadastrados através do programa Bolsa Educação, tenham direito, igualitariamente, à ajuda financeira – que corresponde a R$ 80,00 para quem vai para Angicos e R$ 150,00 para quem estuda em Mossoró -, não significando dizer que a gestão esteja assumindo as despesas totais do deslocamento para os municípios mencionados. (mais…)

Os estudantes de Assú que estudam em cursos acadêmicos e técnicos em Angicos e Mossoró estão sendo presentados pela Prefeitura Municipal: a partir deste ano a gestão arcará com 100% do custo do translado diário desta categoria para estas duas cidades. A medida foi autorizada pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares e representa o resgate de um compromisso de campanha e um dos pontos do seu Plano de Governo.

Ao todo serão 406 (quatrocentos e seis) alunos que foram cadastrados ou recadastrados beneficiados com a decisão do chefe do Executivo: 201 (duzentos e um) que estudam em Angicos e 205 (duzentos e cinco) em Mossoró. A contribuição financeira para quem viaja a Angicos é no valor de R$ 80,00 (oitenta reais) enquanto que para Mossoró a quantia é de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais). O programa é gerenciado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação. (mais…)

Sede do Poder Executivo – Prefeitura de Carnaubais
A gestão do prefeito Dr. Thiago Meira (PSDB), lançou nesta sexta-feira, 1º, um vídeo institucional muito bem elaborado, cuja qualidade surpreende, editado para rodar nas redes sociais e portais de notícias, o vídeo traz um compacto das principais ações do Poder Executivo nos últimos dois anos de gestão.
Com muita criatividade, a peça publicitária envolve de forma positiva, apresentando paisagens encantadoras, lugares pitorescos, ao mesmo tempo em que mostra as realizações da Prefeitura de Carnaubais, com o jingle: “O trabalho continua, e daqui pra frente vai ter muito mais. Tem esporte, tem cultura. Com compromisso, trabalhando a gente faz…

# COMPARTILHAR

Aconteceu nessa sexta-feira (01), a posse dos deputados estaduais que farão parte da 62º legislatura da Assembleia Legislativa do RN. O deputado estadual George Soares (PR) foi empossado e eleito para o cargo de 1º vice-presidente no biênio 2019 /2021, compondo a chapa em que o deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) foi reeleito presidente da Casa. Também houve a eleição para a mesa diretora no biênio 2021/2023, onde o deputado George foi eleito 1 º secretário da Assembleia do Estado.

“Estou muito feliz com esse momento, onde assumiremos mais responsabilidades dentro da nossa Casa Legislativa e reafirmamos nosso compromisso com a população do nosso estado. Vamos trabalhar ainda mais nesse nosso terceiro mandato, para corresponder à confiança em nós depositada pelos eleitores e pelos nossos pares, que nos deram, a unanimidade os votos para os cargos da mesa diretora que assumiremos daqui em diante, ” afirmou George Soares.

Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual George Soares

Facebook