Fotos: Divulgação/Arquivo/Detran

O Calendário de Licenciamento de Veículos 2021 foi divulgado pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) no Diário Oficial do Estado (DOE) da quinta-feira (24). O valor da taxa não sofreu reajuste permanecendo R$ 90,00 independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. A medida é disciplinada através da Portaria 997/2020-GADIR, que estabelece um calendário que separa os períodos de pagamento pelo final da placa correspondente a cada veículo.

A tabela indica que o primeiro grupo a efetuar o pagamento é o dos veículos com finais de placas 1 e 2, com datas de quitação da taxa para os dias 17 e 18 de fevereiro, respectivamente. O calendário tem seu término no mês de junho, no caso dos carros com final de placa 9 e 0, com vencimento programado para os dias 09 e 10 do mês citado anteriormente.

Logo os boletos estarão disponíveis no site do Detran para impressão e pagamento da guia. Para ter acesso à página de emissão de boletos é simples, basta que o usuário vá até o endereço eletrônico da instituição digitando www.detran.rn.gov.br. Com a página aberta, o cidadão clica no botão “Veículos”. Logo em seguida é mostrada uma página onde é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do automóvel a ser consultado. Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online onde fica disponível o boleto referente a taxa de licenciamento, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado.

Segundo dados do setor de Estatística do Detran, há no Rio Grande do Norte 1.384.510 veículos registrados e aptos a quitar o licenciamento 2021. Natal (424.513) e Mossoró (176.316) são os dois primeiros municípios no ranking de maior quantidade absoluta de automóveis, correspondendo a 30,66% e 12,73% do total da frota do Estado, respectivamente.

(Foto: Reprodução)

lula

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 67,4%, registrada no fim da manhã desta segunda-feira (28). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 275.

Até o momento desta publicação são 75 leitos críticos (UTI) disponíveis e 155 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 133 disponíveis e 120 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana de Natal apresenta 67,4% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 70% e a Região Seridó 77,1%.

Foto: Pixabay

O dólar opera em queda nesta manhã e as bolsas sobem no Brasil e no mundo, após a sanção do pacote de US$ 900 bilhões por Donald Trump. Após chamar o projeto de desgraça e deixar sua assinatura para praticamente o último minuto, o presidente americano deu aval ao projeto, que prevê alívio a famílias americanas, pequenas empresas e companhias aéreas, além de bilhões de dólares para distribuição de vacinas no país.

Às 9h09, o dólar recuava 0,56%, a R$ 5,177 . Na última sessão, na quarta-feira da semana passada, a moeda americana fechou em alta, a R$ 5,20. Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, subia 0,16% logo após a abertura, a 117.990,82 pontos.

No exterior, o mercado também reagiu com otimismo à sanção do pacote. A Bolsa de Frankfurt subia 1,49% e a de Paris, 1,14%. Como é feriado em Londres, a Bolsa não abriu nesta segunda-feira na cidade.

Na visão do estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos, o pacote deve dar suporte para que a economia dos EUA atravesse um período mais turbulento até que a vacinação atinja uma escala maior e permita uma recuperação mais estrutural do país.

Os investidores também comemoram o avanço da imunização pelo mundo, como na Europa, que lançou uma campanha de vacinação em massa no domingo, e o acordo comercial entre União Europeia e o Reino Unido.

 

(mais…)

planos Mensalidades dos planos de saúde vão subir até 35% em 2021

Acostumados a altas acima da inflação, os clientes de planos de saúde devem se preparar para um aumento de até 35% nas mensalidades ao longo do ano que vem. O percentual é uma estimativa do UOL para o reajuste previsto para 2021 somado à alta aprovada para 2020, mas que só será cobrada a partir do mês que vem.

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a ANS (Agência Nacional de Saúde) suspendeu o reajuste de 8,14% sobre os planos individuais e de 15% sobre os planos coletivos (que abarcam 81% dos usuários) que seria aplicado este ano.

Ficou decidido que o aumento que valeria para setembro, outubro, novembro e dezembro será cobrado em 12 parcelas a partir de janeiro no ano que vem, mês em que o reajuste de 8,14% (planos individuais) e 15% (coletivos) também passará a valer.

UOL

Um grave acidente envolvendo quatro veículos na noite desse domingo (27), na RN-087, no município de Lagoa Nova, na região Seridó, resultou na morte de uma mulher e ainda deixou pelo menos 6 pessoas feridas.

Segundo o Departamento de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), ainda não se sabe como acidente aconteceu. O local é uma reta, porém com pouca sinalização. Informações preliminares dão conta que todos os carros vinham no mesmo sentido. Os condutores dos 4 veículos fizeram o teste de alcoolemia e o resultado foi negativo.

Blog do BG

Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

O MEC editou portaria que regulamenta a implantação do Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares (Ecim) nos municípios, estados e Distrito Federal em 2021. Esses colégios são uma das apostas de Jair Bolsonaro.

Segundo texto publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira, a previsão é de implantar 54 escolas neste modelo no ano que vem. A meta do governo é completar 216 até 2023.

O cronograma prevê a divulgação dos estados e municípios interessados em aderir ao modelo em 25 de janeiro.

Para 2021, segundo o MEC, a prioridade é será priorizada a implantação de duas Ecim em cada um dos estados e no Distrito Federal que manifestarem interesse.

Pelas normas, os entes federativos serão orientados a considerar, para seleção e escolha das escolas que adotarão o modelo, entre outros, alunos em situação de vulnerabilidade social e desempenho abaixo da média estadual no Ideb.

Lauro Jardim – O Globo

Foto: MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

O ano de 2021 começa cheio de dúvidas sobre a economia do Brasil. O crescimento deve ser tímido, o desemprego segue alto e a inflação voltou a preocupar. Mas, com alguns passos, é possível organizar as finanças e passar de maneira mais suave por um ano turbulento.

O G1 conversou com três especialistas em finanças para montar um passo a passo de organização de orçamento para o ano novo. São três etapas iniciais.

Faça uma revisão de todos os gastos dos últimos três meses (ou mais);

Anote todas as receitas; se for autônomo, faça uma média de ganhos;

Faça uma previsão de quanto deve ganhar e gastar ao longo de todo o ano.

Esses itens formam uma versão básica de orçamento, que ajuda a ter clareza de quais são as despesas obrigatórias e as dispensáveis. A frequência pode ser semanal, mensal ou anual. O importante é permitir a detecção de gargalos nas movimentações financeiras.

Com tudo anotado, em detalhes, é preciso passar um pente-fino no que é possível cortar para que sobre mais dinheiro no fim de cada mês. O professor de finanças da Fundação Getulio Vargas Fabio Gallo ensina uma velha tática de priorização das despesas. É o que ele chama de “Orçamento ABCD”.

 

(mais…)

Emporio

Uma ação sem elevados custos para os cofres públicos, mas que irá marcar um novo tempo para a cidade. Em breve, quem entrar na cidade irá avistar um pórtico que dará uma nova visão e modernidade a nossa Ubais.

Acredito que Dona Marineide dará esse prazer aos carnaubaenses. Estamos no corredor turístico e não podemos mais continuar atrasados e carentes de obras simples, porém lustrosas para nossa autoestima.

O modelo acima é da cidade de Martins, destino preferido por turistas que desejam visitar um lugar tranquilo e aconchegante, como faz anualmente o amigo Luan Oliveira, que por sinal foi quem nos relatou a magnitude do pórtico na cidade serrana do alto Oeste.

Postado por Toni Martins 

mapa da Covid 19 RN tem 97 cidades com taxa de transmissão para Covid-19 em zonas de ‘risco’ ou ‘perigo’

Subiu para 97 o número de municípios nas zonas de “risco” ou “perigo” em relação à taxa de transmissibilidade (Rt) da Covid-19 no Rio Grande do Norte. Na semana passada, eram 57 municípios – 40 a menos.

As cidades inseridas nessa lista tem Rt maior que 1,03. Se o Rt ficar entre 1,03 e 2,00, esse município está na zona de risco. Se o Rt for maior que 2,00, a zona é de perigo, uma situação mais grave.

Os dados são da plataforma do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN, que monitora em tempo real a situação da pandemia no estado e atualiza semanalmente os índices de transmissão.

As 97 cidades nessas duas zonas representam 58% dos municípios potiguares – na semana passada esse número era 34%.

Os municípios que mais preocupam são os que estão na zona de “perigo”, com Rt acima de 2,00. Nessa situação, o número de municípios caiu de 27 para 21. Como base de comparação, na semana retrasada eram 15 cidades nesta situação.

Timbaúba dos Batistas se tornou o município que mais preocupa quanto a taxa de transmissão, que está em 6,63. Isso significa que uma pessoa contaminada pode transmitir o coronavírus para mais de seis.

Pedra Preta (5,22) e Januário Cicco/Boa Saúde (5,00) são outras duas cidades que seguem com Rt alto.

As cidade que ficam na zona de “risco” são as que têm taxa de transmissibilidade entre 1,03 e 2,00. Ao todo, 76 estão nesse estágio atualmente – um aumento de 46 municípios comparado à semana passada, que registrava 30. Na semana retrasada esse número era de 72.

Extremoz, Maxaranguape e Macau são exemplos de cidades nesta situação. Macau, por exemplo, tem Rt de 1,53, o que significa que 100 pessoas podem contaminar 153.

Já a zona segura – com Rt abaixo de 1,00 – tinha 109 municípios na semana passada e agora tem 67. Na semana retrasada eram 75. Mossoró, com Rt 0,91, está nesse grupo – a taxa de transmissão da cidade era 0,56 na semana passada.

A capital Natal, com Rt de 1,03 (na semana passada era 0,71), e outras duas cidades estão na zona neutra, com Rt entre 1,00 e 1,03.

Segundo a plataforma do LAIS, a taxa de transmissibilidade recente em todo o estado é de 0,49 e na semana passada foi de 0,52. A taxa referente à última quinzena é de 0,74.

O cálculo baseado nas regiões aponta que as oito estão em zona segura: região de São José de Mipibu, de João Câmara, de Caicó, de Açu, Pau dos Ferros, de Santa Cruz, Metropolitana e de Mossoró.

G1 (RN)

Santa ignorância.

O cantor Amado Batista, como o Blog já publicou, foi diagnosticado com covid depois de ter feito um show em Baraúna, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Antes do show ele foi entrevistado pelo radialista Railson Carlos, da 93FM, e criticou o fato dele estar usando máscara.

“Arranca essa porra”, chegou a dizer Amado, que já havia criticado a máscara do radialista no aeroporto de Mossoró, onde desembarcou no seu jato particular.

Railson explicou que estava na pandemia…

Santa ignorância do cantor.

Emporio

Facebook