Está aberto até as 23h59 de 4 de outubro o prazo para as instituições de ensino superior privadas atualizarem o cadastro do Programa Universidade para Todos (ProUni). A medida é necessária para que estudantes não percam o benefício.

Para isso, as instituições deverão acessar o Sistema Informatizado do ProUni (SisProUni) e inserir a Certificação Digital. O procedimento é todo online. Esse tipo de atualização é obrigatório para os casos de matriculados no semestre em curso. Portanto, não vale para situações de alunos que ingressaram no processo seletivo atual, pois seus dados foram recentemente registrados.

Emporio

O Ministério da Educação (MEC) lançou um edital para a seleção de 3,9 mil professores de ciência para alunos do 6º ao 9º ano. As inscrições para o processo seletivo começam na próxima segunda-feira (30/09/2019). O projeto custará R$ 3,5 milhões.

O MEC anunciou o certame nesta sexta-feira (27/09/2019). A seleção faz parte do programa Ciência é 10, especialização destinada a professores de ciências do segundo ciclo do ensino fundamental. Podem participar professores que já lecionam na rede pública.

A estimativa da pasta é de que 400 mil alunos da rede básica de ensino sejam beneficiadas pelas contratações. O programa foi lançado em abril deste ano.

Em entrevista concedida nesse final de semana, na rádio Nova 89 FM em Assu, o deputado estadual George Soares (PL) esclareceu uma questão de postura e caráter.
O parlamentar afirmou que “jamais chegaria em uma cidade com representante e tentaria ‘vender’ alguma ação que não fosse dele, como se fosse”, como vimos um deputado de Jucurutu fazer, essa semana, junto com o mentor da oposição assuense.
Por sinal, esse grupo de oposição tenta de tudo para desmanchar e ludibriar as ações do deputado George em Assu, para tentar confundir a população. Por isso, a importância dessa declaração do verdadeiro representante do Vale nas ondas de rádio. Tudo claro!

POR DINARTE ASSUNÇÃO

Uma sequência de operações financeiras de R$ 5 milhões firmadas de agosto a outubro de 2014, entre a Intertv Cabugi e o ex-candidato a governador do Estado pelo MDB e sócio da empresa, Henrique Eduardo Alves, está apontada em relatório da Polícia Federal como transação com intenção de compra de votos de lideranças partidárias.

As informações estão em inquérito derivado da Operação Lavat e transcorrem sob sigilo na Polícia Federal, em investigação sob supervisão da Justiça Eleitoral. O caso está para ser concluído, com encaminhamentos para o Ministério Público Federal e oferta de denúncia.

O Blog do Dina obteve as informações com exclusividade.

Para esta reportagem, procuramos a defesa de Henrique Alves, a direção da Intertv Cabugi e a Rede Globo. Apenas a defesa do ex-deputado havia se manifestado em caráter preliminar até a publicação da matéria.

Transação

As operações financeiras apontadas pela PF, chamadas de mútuos (empréstimo) ocorreram em 8 e 19 de agosto; 24 e 26 de setembro e 16 de outubro de 2014. Cada uma foi no valor de R$ 1 milhão de reais, depositados na conta pessoal de Henrique Eduardo Alves.

No mesmo período, há saídas da conta no valor de R$ 5,2 milhões.

A Polícia Federal chama atenção para o fato de que transações desse tipo anteriores tiveram valor abaixo. Em janeiro, fevereiro e março de 2014, houve empréstimos de R$ 100 mil, em cada mês.

A legislação eleitoral proíbe que emissoras de tv sejam doadoras de campanha eleitoral por serem concessionárias de serviço público. A transação em questão, do ponto de vista legal, não configura doação já que se tratou de um empréstimo. Mas para a PF, os recursos foram utilizados de forma ilegal.

“Os recursos da Televisão Cabugi Ltda., obtidos através de ‘mútuo’ de natureza incomum e sem o esperado adimplemento das parcelas pelo mutuário, foram destinados e utilizados na campanha eleitoral de 2014 por parte de Henrique Eduardo Lyra Alves, mediante a emissão de cheques debitados em sua conta pessoal, para finalidade ilícita de cooptação de lideranças políticas para apoiá-lo no pleito de 2014, consequentemente sem registro na Justiça Eleitoral, ainda que fosse utilizado o argumento de que os cheques teriam sido destinados a honrar despesas regulares de campanha”, diz o relatório, que cita delação de Fred Queiroz para contextualizar como teria se dado a compra de lideranças políticas.

Até dezembro de 2015, segundo o relatório, as dívidas resultantes dessas operações, que remontam a 2006, entre Henrique Alves e a Intertv somavam R$ 25 milhões.

“Quando analisados os contratos de mútuo referidos conjuntamente com a declaração de bens e direitos constante da DIRPF do investigado, faz suspeitar que foram celebrados apenas para abarcar o acréscimo patrimonial supostamente incompatível com a renda percebida na qualidade de deputado federal, fato que enseja apuração criteriosa”, diz o relatório.

Outro lado

A produção desta reportagem começou com o contato das partes citadas. Tanto a defesa de Henrique Alves como a Intertv foram procuradas para ter ciência do teor dos fatos antes da matéria ser escrita.

A Marcelo Leal, que defende Henrique Alves, o blog ofereceu compartilhar os arquivos para dar ciência da íntegra dos fatos para que pudesse se manifestar. A defesa preferiu que vai se posicionar depois da publicação da matéria.

A Intertv também foi contatada para comentar. Até o momento, não respondeu se vai emitir algum posicionamento. Em novembro de 2017, quando foi alvo de busca e apreensão, a emissora emitiu nota afirmando que “sempre atuou de forma isenta em relação às investigações, noticiando o passo a passo dos processos contra Henrique e outros investigados pela Polícia Federal e Ministério Público. E embora não seja alvo do processo está à disposição para qualquer esclarecimento”.

A Rede Globo foi provocada em razão de ter política empresarial que restringe a associação de seu nome a questões eleitorais. Ela ainda não se manifestou.

O espaço está aberto para eventuais manifestações.

Blog do Dina

Diante do falatório da oposição que pra variar quer tomar as obras dos outros em Assu, o deputado George Soares (PL) deu um show na entrevista que concedeu neste sábado (28) na rádio Nova 89FM, no programa Discussão Aberta.
O parlamentar trouxe os requerimentos que são documentos protocolados oficialmente na Assembleia Legislativa do Estado, onde prova sua luta por ações como a instalação da UTI no Hospital Regional de Assu, a reforma da escola José Correia, a recuperação das RNs 016 e 118, a instalação da Delegacia da Mulher, o pedido por carro Fumacê para combater o mosquito da dengue, entre outros.
Com essas provas vivas do trabalho do deputado do Vale divulgada para a população, a oposição assuense fica a ver navios sem saber o que falar. Isso deixa uma lição para os oposicionistas: a mentira tem pernas curtas!

Emporio

 

O Fred Queiroz, em sua deleção premiada, confessou para quem deu dinheiro na campanha de 2014, na disputa pelo governo do estado de Henrique Alves. E lá, bem registrado, está o nome do ex-prefeito do Assú, o corrupto IVAN LOPES JÚNIOR. O primeiro político na História dos assuenses a vender os votos desse honrado povo. Falam que foi por uma bagatela de R$ 750 mil reais!! Veja aqui.

E ainda temos que registrar que no segundo turno dessa mesma eleição, o Ivan foi apoiar Robinson Faria. Além de corrupto, foi TRAIDOR, segundo DELATO REGISTRADO.

Um político que faz isso com seus conterrâneos, merece respeito? Creio que não.

Como sempre, ele quer ser dono do feito do outros. A prova é que não tendo a quem enganar mais, chama o Dep. Nelter Queiroz para querer ser dono das OBRAS DO ESTADO, FEITAS COM RECURSOS DO BANCO MUNDIAL, em Assu.

Na verdade, ele quer tirar o mérito do trabalho que o DEPUTADO GEORGE SOARES tem feito na Assembléia Legislativa a favor de seus conterrâneos do Assú e do Vale. Aviso: você, Ivan Júnior, está sendo muito criticado por isso!

O Deputado George Soares é um político reconhecido pelo trabalho e dedicação aos assuenses e potiguares.

Ví a foto da reunião em seu casarão do Piató. Já se sabe o que urdia e tramava: perseguição (pra variar) ao Prefeito Gustavo Soares, o MELHOR PREFEITO DO BRASIL.

O Dr. Gustavo, sem dizer uma palavra contra o Ivan, ESTÁ DESMORALIZANDO ESSE FARSANTE POLÍTICO, O PIOR DO BRASIL.

Me dizem que o povo do Assú, vendo as obras atuais perguntam: O QUE
IVAN JÚNIOR FEZ COM O DINHEIRO DA PREFEITURA QUANDO ERA PERFEITO? E eles mesmos respondem:

– Enricou a família que hoje é podre de rica.

– Pagou serviços a empresários amigos dele, mesmo sem as obras, nem os serviços executados. Chega perto de R$ 20 milhões de reais.

– Nomeou 170 cabos eleitorais para falar mal de Ronaldo e familiares, pagos com o dinheiro do povo!

ME MANDARAM A CRONOLOGIA DAS OBRAS DAS UBS E DA UPA, obras paradas e agora concluídas pelo Dr. Gustavo. Vou me debruçar sobre isso, pelo visto, outro desmantelo do dito cujo. Abs, Eridu.

A vacinação contra a Brucelose que teve início no dia 01 de agosto, será encerrada na próxima segunda-feira (30). O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN – IDIARN, reforça a obrigatoriedade de vacinar as fêmeas bovinas e bubalinas, de 0 a 8 meses de idade.

É importante frisar que a partir do dia 30 de setembro os produtores que não vacinaram e declararam os rebanhos, não poderão mais emitir a Guia de Trânsito Animal – GTA, utilizada para o transporte dos animais, além disso os produtores de leite não poderão fornecer aos laticínios do Estado.

A Brucelose é uma doença infectocontagiosa provocada por bactérias do gênero Brucella, que afeta bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos, suínos, entre outras espécies. A doença causa problemas reprodutivos e por se tratar de zoonose pode afetar até o homem. A prevenção do rebanho se dá com a vacinação das bezerras bovinas e bubalinas com idade de 03 a 08 meses com a vacina B19

O produtor que deseja adquirir a vacina, basta comparecer em uma das lojas autorizadas a comercialização, com posse do receituário emitido pelo veterinário cadastrado no IDIARN (lista no site). Após isso, deve buscar um médico veterinário cadastrado junto ao IDIARN, para vacinar os animais e declarar o rebanho em um dos escritórios do IDIARN, EMATER ou Secretárias Municipais de Agricultura.

Assessoria de Imprensa Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN

Emporio

A Receita Federal do Brasil acaba de divulgar o ranking nacional que mede o índice de integração na Redesim – Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios no Brasil. O Rio Grande do Norte passou de 82% para 91,8%, saindo de 17º para 4º lugar no ranking nacional, atrás apenas de Rondônia, Distrito Federal e Maranhão

A JUCERN vem executando ações para modernizar o processo de registro empresarial potiguar. Recentemente concluiu a integração com o Corpo de Bombeiros, o que facilita a emissão do CLCB, o Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros, liberando empresas quenão ofereçam riscos para que possam funcionar o mais rápido possível. (mais…)

Um dos maiores produtores musicais, responsável pelos últimos sucessos da banda “Saia Rodada” faz um comentário elogiando o vídeoclipe “Sabor da Paixão”, deixando toda a equipe envolvida na produção surpresa e emocionada. É o reconhecimento de um trabalho simples, mas muito original, além de apresentar as belezas de nossa região, destaca a nossa cultura através de toda a poesia presente na letra e nas cenas do clipe. Um elogio como esse nos motiva a acreditar no potencial da arte e continuar desenvolvendo cultura em nossa região. Continuem se inscrevendo no nosso canal, o JD Músicas Autorais, deixem seus likes e comentários, muito obrigado pelo carinho com que recebem a música do Jacques Douglas.

Uber Transit vai mostrar transporte público no Brasil — Foto: Divulgação/Uber

A Uber anunciou diversas novidades para seu aplicativo de corridas e para o Uber Eats nesta quinta-feira (26), durante um evento em São Francisco, nos Estados Unidos. Para os usuários no Brasil, as principais mudanças são a chegada do Uber Transit, recurso que vai mostrar as melhores opções de transporte em tempo real, incluindo transporte público, e uma nova versão do app que integra os serviços de corrida com o Uber Eats.

Além disso, a empresa revelou novas funções de segurança para o aplicativo, de forma que motoristas e usuários se sintam mais tranquilos durante uma corrida. A companhia também deu mais informações sobre a chegada de seus programas de fidelidade para usuários e motoristas. A seguir, conheça todos os lançamentos da Uber para o Brasil e outras regiões. (mais…)

Facebook