Blog De olho no Assú
25 - jun/2019

Prefeito Alaor prestigia festejos religiosos em Assú

O Prefeito de Itajá Alaor Pessoa participou, na noite da última segunda-feira, dia 24, do encerramento dos festejos do Padroeiro São João Batista da cidade de Assú.
O prefeito Alaor enfatizou a importância de comemorar a data.“É um prazer enorme estar aqui mais um ano comemorando o dia do padroeiro São João Batista. A igreja merece os parabéns por realizar uma festa tão linda, mobilizando os fiéis em um momento de grande importância para o município. ”Destacou.

O  Projeto  de Lei 137/2019 , que ratifica o Protocolo de Intenções Firmado entre os estados Rio Grande do Norte, Bahia, Maranhão, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Piauí, Alagoas e Sergipe para a constituição de Consórcio Interestadual com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável na região Nordeste, foi aprovado na reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), na manhã desta terça-feira (25 ).

“Os governadores do Nordeste firmaram um protocolo de intenções, contemplando todas as áreas administrativas, que precisa da aprovação desta Casa para garantir a presença do Rio Grande do Norte como membro do consórcio. Solicitamos celeridade na aprovação da matéria para que o nosso Estado não seja o último a integrar esse protocolo de intenções”, disse o deputado George Soares (PL) ao final da reunião.

O consórcio a ser constituído é uma entidade associativa de natureza autárquica e Inter federativa, com personalidade jurídica de direito público, com a finalidade de promover o bem-estar de forma socialmente justa e ecologicamente equilibradas em toda a região Nordeste, conforme previsão da Lei Federal 11.107 de abril de 2005.

A matéria agora segue para análise nas comissões de Finanças e Fiscalização (CFF) e de Administração, Serviços Públicos e Trabalho e posteriormente ao Plenário da Assembleia Legislativa para a votação final.
Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Isolda Dantas (PT), Hermano Morais (MDB), Coronel Azevedo (PSL), Kleber Rodrigues (Avante) e Allyson Bezerra (SDD).

Em audiência pública da Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que analisa as propostas para o novo Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a governadora Fátima Bezerra reforçou, nesta terça-feira, 25, em Brasília, que “é preciso buscar convergências para transformar o Fundeb numa política de estado, perene, e com maior participação da União”.

Ao destacar estas duas condições, Fátima Bezerra disse que elas estão contempladas na proposta do novo Fundeb de sua autoria e que é apoiada pelo Forum dos Governadores do Brasil. “Esse é o caminho para ampliar a oferta de vagas, as creches, a qualidade da educação, a valorização profissional visando um país com mais equilíbrio, melhor distribuição de renda e qualidade de vida”, afirmou a governadora do RN lembrando que hoje o  Plano Nacional de Educação completa cinco anos, “um plano que é estratégico para o presente e para o futuro do nosso país, mas que, infelizmente, o  balanço que fazemos é que o plano está estacionado”. (mais…)

A Câmara dos Deputados vai debater na próxima quarta-feira, 26, os reajustes previstos para as tarifas de metrôs e trens urbanos operados pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Na Região Metropolitana de Natal, as tarifas do veículo leve sobre trilhos (VLT) foram reajustadas em maio passado, de R$ 0,50 para 0,70.

Nesta segunda (24), ao lado do prefeito Doutor Gustavo Soares (PL), da governadora Fátima Bezerra (PT) e de lideranças do Vale, o deputado estadual George Soares (PL) participou da procissão de São João Batista e da missa de encerramento dos festejos juninos, em Assu.

“Sempre venho a este momento de fé e devoção a São João Batista, padroeiro da nossa querida cidade. Esse momento que encerra a maior festa assuense é sempre especial, pois engrandece ainda mais os festejos e suas tradições,” afirmou o deputado George.

Começa nesta terça-feira (25) o período de inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019. O programa oferece financiamento para estudantes pagarem cursos de graduação em universidades privadas. O prazo para se candidatar é 1º de julho.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), serão oferecidos 150 mil contratos, dos quais 50 mil terão juro zero. Na modalidade “Fies”, são oferecidas vagas com juro zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.

Em entrevista ao programa Morning Show, da Jovem Pan, nesta terça-feira, Ciro Gomes voltou a atacar Lula.

“Se tem um brasileiro que sabe que o Lula não é inocente, sou eu. Pela proximidade. Parte das coisas que eu sei, eu tenho que morrer com elas porque sei em confiança, isso morre comigo”, afirmou.

Ciro disse mais:

“Eu sei que o  Lula sabia que Michel Temer era corrupto e botou ele na linha de sucessão. Eu sei que ele sabia que Eduardo Cunha era ladrão e entregou Furnas para ele, Briguei com Lula por isso, e foi ali que ele roubou o dinheiro para comprar deputados e se tornar presidente da Câmara. Eu sei que o Lula sabia o que estava acontecendo na Petrobras, porque eu denunciei o Sérgio Machado na Transpetro e o Eunício de Oliveira. Então, se alguém sabe que o Lula não tem nada de inocente, sou eu.” (mais…)

 

Fui viver a festa do coração do assuenses. Fiquei impressionado, com as manifestações de alegria e reconhecimento ao Prefeito Dr. Gustavo.
As pessoas, em Assú, agora estão analisando melhor e começam a ver
o quanto o derrotado Ivan Júnior, foi desleal com seus conterrâneos.

Como disse o Deputado Fábio Faria, Ivan só pensa nele. O derrotado quase acaba com a Festa de São João, o que evitou isso foi o Governo
do Presidente LULA, que sendo nordestino, mandou dinheiro para fazer os festejos juninos em todo nordeste.

Festa bonita, bem organizada. Foi o quê mais ouvi. Vi muita gente também comentando que a família do Ivan Júnior estava muito rica e também que ele ia ficar pior que Fátima Morais.
Bom, viva aos assuenses e que São João os abençoe. Abs, Eridu.

BlItzen da Operação Lei Seca em Natal e Mossoró flagraram 137 motoristas alcoolizados durante o feriadão de Corpus Christi. Segundo a Polícia Militar, quase 2 mil condutores foram abordados nas ações.

Em Natal, a blitz foi realizada na Avenida Jerônimo Câmara. Na ocasião, foram abordados 1020 condutores, sendo 51 autuados por alcoolemia e 37 por infrações diversas, como não possuir CNH e veículo não licenciado.

Já na operação que aconteceu em Mossoró, foram abordados 975 veículos, sendo 86 pessoas autuadas por alcoolemia e outras 44 infrações diversas.

O senador potiguar Styvenson Valetim(Podemos) criticou o decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilita o porte de armas. O texto foi derrubado no plenário do Senado na última terça-feira, 18.

O parlamentar argumentou, durante o programa “Manhã Agora”, da rádio Agora FM, que não é contrário ao texto em si, mas à forma como ele foi apresentado. O senador, que também é oficial da Polícia Militar, contudo, diz ser contra o aumento do calibre permitido no texto, bem como da redução dos exames para obtenção do porte.

Mudanças no decreto das armas

“O presidente saiu do Palácio do Planalto e levou em mãos um projeto de lei que modificava o Código de Trânsito Brasileiro, que já está sendo muito ventilado e discutido dentro do Senado e da Câmara. Segundo a Constituição, ele pode fazer essas mudanças que ele quer fazer, por uma lei federal. Isso não aconteceu com o caso do decreto [das armas], que é uma lei também, a lei 10.826 de 2003. Houve, querendo ou não, no decreto, muitas modificações em vários itens e critérios. Ele modificou muito o Estatuto do Desarmamento. Uma delas foi no artigo sexto do Estatuto do Desarmamento, que fala sobre a limitação ou proibição do porte de armas no território nacional. Uma das mudanças foi sobre isso. Ele [presidente Bolsonaro] modificou esse artigo e deu porte para pessoas, aliás, para categorias. Existiam categorias dentro da lei que poderiam em ocasiões utilizar arma de fogo sem o critério da efetiva necessidade. Essa obrigatoriedade da necessidade foi retirada pelo decreto”. (mais…)


Facebook