A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (04). Foram mais 870 casos confirmados, totalizando 170.289. Até quarta-feira (03) eram 169.419 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.675 no total, sendo 08 (oito) mortes registradas nas últimas 24h, em Natal, Parnamirim, João Câmara, São Miguel do Gostoso, Assu, Mossoró e Santa Cruz(02).

A Sesap ainda registrou 17 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quarta-feira (03), eram contabilizados 3.650 mortos. Óbitos em investigação são 754.

Casos suspeitos somam 89.293 e descartados 368.394. Recuperados são 123.516.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (04). Foram mais 870 casos confirmados, totalizando 170.289. Até quarta-feira (03) eram 169.419 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.675 no total, sendo 08 (oito) mortes registradas nas últimas 24h, em Natal, Parnamirim, João Câmara, São Miguel do Gostoso, Assu, Mossoró e Santa Cruz(02).

A Sesap ainda registrou 17 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quarta-feira (03), eram contabilizados 3.650 mortos. Óbitos em investigação são 754.

Casos suspeitos somam 89.293 e descartados 368.394. Recuperados são 123.516.

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 94,3%, registrada no fim da manhã desta quinta-feira (04). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 520.

Até o momento desta publicação são 17 leitos críticos (UTI) disponíveis e 281 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 78 disponíveis e 239 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 94,8% dos leitos críticos ocupados, a região Seridó tem 94,3% e a Região Oete tem 93,4%.

Emporio

A Prefeitura Municipal de Carnaubais, em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, vem informar os horários do plantão dos médicos do Hospital Maternidade Santa Luzia. De segunda a sexta a população será contemplada com atendimento de qualidade. É nossa gestão, mais uma vez, garantindo saúde para todos.

rhrey Problema elétrico deixa Martins sem abastecimento de água até segunda-feira próxima

 

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está trabalhando no Sistema de Abastecimento de Água de Martins. Devido a um problema elétrico interno, o transformador da Estação Elevatória de Água Tratada II (EEAT), do trecho Lucrécia a Martins, precisará passar por uma manutenção.

Para o serviço, a Cosern dará um apoio, realizando uma intervenção na rede de alta tensão, para possibilitar a equipe da Caern consertar ou substituir o equipamento da EEAT. O prazo de execução da concessionária elétrica é até a sexta-feira (05). (mais…)

Emporio

 Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Em entrevista ao Bom Dia RN desta quinta (4), o secretário estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia, diz que “vivemos um momento trágico”, e confirmou que o estado vai aumentar as medidas de restrição de circulação de pessoas.

“Vivemos um momento trágico, um momento triste, onde estamos vendo cada dia mais o sistema de saúde superlotado, saturado, em muitas regiões, em muitos estados do país, e aqui não seria diferente. Estamos abrindo leitos, mas essa abertura de leitos tem um limite humano, de profissionais, e ainda de insumos, de equipamentos”, afirmou.

O secretário confirmou que o estado vai ampliar as medidas de restrição para tentar conter o avanço da pandemia no Rio Grande do Norte. Ele não detalhou quais medidas serão tomadas. “Deverá sair um novo decreto ampliando as restrições. O limite está sendo discutido ainda para exatamente diminuir a circulação de pessoas e aumentar a fiscalização. Tem questões críticas que precisamos atacar, como o transporte público lotado. (…) É preciso que realmente só circule pessoas que estão em atividades essenciais, que sejam asseguradas todas as medidas de distanciamento pra conter a transmissibilidade, para ter um alívio da saturação no sistema de saúde”.

Ainda na entrevista, Cipriano Maia alertou o aumento do número de casos de Covid-19, de mortes e de internações pela doença no Rio Grande do Norte e no Brasil e pediu uma mudança de atitude da população.

“Já ultrapassamos 3.600 mortes no estado, o Brasil ontem bateu mais um recorde de mortes, então, se as pessoas não agem pelo bom senso que pelo menos ajam pelo medo. A morte está chegando perto de cada um de nós e isso exige que a gente possa mudar de atitude: deixar de negar a realidade, deixar de acreditar em ilusões, como por exemplo que existe tratamento precoce, e se cuidar porque a única forma que o mundo todo tem trabalhado para conter o vírus é exatamente o isolamento social, o distanciamento”.

Emporio

O prefeito de Rodolfo Fernandes (RN), Wilton Monteiro, conhecido no município por Lilito, renunciou ao cargo em carta entregue na manhã de hoje, 4. Ele alegou motivos de ordem pessoal. Assume o cargo o vice-prefeito Flávio de Tico.

Lilito Monteiro, do MDB, foi eleito em novembro do ano passado com 53% dos votos. Foram 1.932 votos no total. Ele derrotou a candidata Claudinha, que ficou em segundo lugar com 43,40% (1.582 votos).
No dia 14 de janeiro, Lilito se afastou do cargo por 90 dias, justificando a necessidade de cuidar da saúde, após ter testado positivo para a Covid-19. Ficou apenas 13 dias no cargo.
Enquanto muitos ainda insistem em pegar o ‘abacaxi’ de administrar município com poucos recursos, alguns começam a desistir do mandato, deixando para outros ‘descascar o abacaxi’.

pazuello Pazuello fala em ‘dia difícil para todos os brasileiros’ após recorde de mortes por Covid-19

 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse na noite desta quarta-feira (3), em pronunciamento publicado em uma rede social, que o Brasil está um “grave momento da pandemia”. “Hoje é um difícil para todos os brasileiros”, afirmou. Nesta quarta, o Brasil voltou a bater recorde de mortos por coronavírus: 1.840.

Pazuello não mencionou o número de mortes –falou ainda da necessidade de que “todos mantenham os cuidados preventivos individuais para diminuir o risco de ficar doente”, sem citar a necessidade de uso de máscaras e de distanciamento social.

lula

xeduardo paes.jpg.pagespeed.ic .7ytcX4KeyF Rio de Janeiro fecha comércio na orla e restringe horário de bares e restaurantes

 

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, definiu novas medidas de restrição no município para conter o avanço do novo coronavírus. O Decreto nº 48.573/2021 altera o horário de funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes e fecha o comércio na orla da cidade.

As medidas começam a valer nesta sexta-feira (5) e seguem até o próximo dia 11. Com o decreto, publicado nesta quinta-feira (4/3), fica proibida a permanência de pessoas nas vias, áreas e praças públicas entre as 23h e as 5h. (mais…)

SHRTJ RN tem 169.419 casos confirmados e 3.650 mortes por Covid-19

 

O Rio Grande o Norte chegou nesta quarta-feira (3) a 169.419 casos confirmados de Covid-19. A doença vitimou 3.650 pessoas no estado desde o início da pandemia. Os óbitos em investigação subiram para 742. Os números estão no novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). (mais…)

20210303170457Kcql8K BNDES aprova financiamento de dois parques eólicos no Rio Grande do Norte

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou dois financiamentos para a construção dos parques eólicos Ventos de Santa Martina 01 e Ventos de São Januário 23, localizados nos municípios de Caiçara do Rio do Vento e Ruy Barbosa, no Estado do Rio Grande do Norte. O valor do crédito será de R$ 417 milhões. Os dois parques eólicos somam 121,8MW de capacidade instalada e produzirão energia equivalente ao consumo de 242 mil residências, gerando 775 empregos diretos e indiretos. Os empreendimentos pertencem ao grupo Casa dos Ventos e fazem parte do Complexo Eólico Rio do Vento, que já tem sua primeira fase em construção (504MW) e, quando em plena operação comercial, superará a marca de 1 GW, se tornando um dos maiores complexos eólicos do mundo.    (mais…)

As ofertas de emprego em modelo home office cresceram 309% no ano passado. É o que revela levantamento realizado pela Vagas.com, empresa de soluções tecnológicas de recrutamento e seleção.

De acordo com a companhia, o volume de vagas ofertadas saltou de 594 posições em 2019 para 2.428 no ano passado. Veja abaixo a criação de vagas em home office trimestre a trimestre:

Foto: Economia G1

De acordo com Rafael Urbano, especialista em Inteligência de Negócios da Vagas.com, os setores que mais contribuíram para esse aumento de posições em regime de trabalho flexível foram:

Tecnologia (41%)

Finanças (11%)

Consultoria e Gestão Empresarial (10%)

Seguros (8%)

Telecom (7%)

Educação (4%)

Outros (19%)

Entre as áreas mais buscadas pelas empresas para atuação remota aparecem:

Tecnologia (38%)

Vendas (10%)

Recursos Humanos (4%)

Marketing (4%)

Administrativo (3%)

Financeiro (2%)

Telemarketing (2%)

Atendimento (2%)

Consultor (2%)

Direito (1%)

Contabilidade (1%)

Inteligência de Mercado (1%)

Outros (20%)

“Notamos um maior interesse por parte dos nossos clientes na oferta de vagas em modelo home office a partir do segundo trimestre, justamente no período em que a pandemia registrou forte expansão de casos registrados no Brasil, forçando as empresas a se readequarem para que não perdessem a produtividade”, explica Urbano.

369 oportunidades abertas

Na plataforma de empregos Vagas.com.br há, neste momento, 369 vagas para atuar em modelo home office, trabalho remoto ou teletrabalho. As remunerações e benefícios variam em cada oferta. Para ter mais informações sobre as oportunidades oferecidas pelas empresas, é recomendado pesquisar as vagas pelas palavras-chave home office, trabalho remoto ou teletrabalho.

G1

festas shows boa Câmara aprova programa emergencial para setor de eventos

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (3) o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). Os deputados chegaram a aprovar o texto-base na terça-feira (2), mas a votação foi cancelada por uma questão regimental e remarcada para esta quarta.

De autoria do deputado Felipe Carreras (PSB-PE) e outros sete parlamentares, o projeto prevê o parcelamento de dívidas de empresas do setor de eventos relativas a tributos federais, entre outras medidas para compensar a perda de receita em razão da pandemia de covid-19. (mais…)

roberta patriota A prestação de serviços mecânicos da prefeita de Ielmo Marinho (RN) vai custar R$ 1.105.200,00

Através da famigerada Dispensa de Licitação, a prefeita Rossane Marques Lima Patriota da cidade de Ielmo Marinho (RN), autorizou a contratação das firmas abaixo especificadas, pela importância de R$ 1.105.200,00, na prestação de serviços mecânicos da frota oficial de veículos da edilidade:

Central Auto Peças (M. Lopes – ME) – Natal – R$ 884.400,00

Lub Center – ME – Natal – R$ 220.800,00

Será que é muita grana para pagar consertos automotivos? É somente uma pergunta.

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio, anunciou pelas redes sociais a reabertura do Hospital de Campanha da cidade para tratamento das pessoas com Covid-19. De acordo com ele, serão abertos 20 leitos, sendo 10 de UTI e 10 intensivos.

Veja o anuncio do prefeito:

GRANDE PONTO

Apesar de desidratar medidas fiscais da equipe econômica, o Senado aprovou por 62 votos a 16 em primeiro turno nesta quarta-feira (3) a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial com um teto, de R$ 44 bilhões, para os gastos com a nova rodada do auxílio emergencial neste ano. A votação do segundo turno, inicialmente prevista para o mesmo dia, acabou adiada para a manhã desta quinta-feira (4), assim como um único destaque para esse turno. Os demais destaques foram rejeitados.

 

(mais…)

Na contramão de alguns países do mundo, que já apresentam quedas expressivas nos casos de Covid-19 e nas mortes em decorrência da doença, o Brasil vive um cenário aterrorizante. Além da vacinação, que caminha a passos lentos, e da falta de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), a alta no número de óbitos tem preocupado – só nos últimos sete dias, 9.314 brasileiros perderam a batalha contra o novo coronavírus e 460.755‬ foram contaminados.

Com as 1.910 mortes registradas na quarta-feira (3/3), o país está, desde o dia 21 de janeiro, com média móvel de óbitos acima de mil – são 42 dias seguidos, a maior sequência desde o início da pandemia. Os números, que falam por si, são ainda mais preocupantes, tendo em vista o panorama global: na última semana, a cada 100 mortes no mundo por Covid-19, pelo menos 13 foram registradas no Brasil. No ranking, perdemos apenas para os americanos, responsáveis por 28% dos falecimentos da semana.

Os dados divulgados fazem parte de um levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, que acompanha diariamente o avanço do novo coronavírus no Brasil.

Segundo o médico intensivista Otavio Ranzani, pesquisador da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e do Instituto de Saúde Global (ISGlobal), o país está na pior fase da pandemia. “Eu e tantos outros dissemos que isso seria o mais provável: um colapso generalizado e mais rápido do que o visto na primeira onda. É o que está acontecendo. A pandemia só vai passar depois de termos muita gente vacinada. Não temos tratamento direto para o vírus. O tratamento é não pegar, nem transmitir, e vacinar”, assinala o especialista, que é referência nas redes sociais sobre o assunto.

Em entrevista ao Metrópoles, Tarcísio Marciano da Rocha Filho, professor do Instituto de Física da Universidade de Brasília (UnB) e um dos membros de um grupo de pesquisa interdisciplinar que abarca várias universidades brasileiras para estudar o avanço da Covid-19 no país, também ressaltou a preocupação com os índices do Brasil. “O número real de óbitos por Covid-19 é bem superior ao anunciado oficialmente, chegando a mais de 365 mil mortes. E isso é uma progressão por baixo”, salienta. Ele frisa ainda que, “na conta, por exemplo, não colocamos os falecimentos pelas sequelas da doença, que são mais comuns do que se imagina”.

Taxa de transmissão do vírus

De acordo com estudo do Imperial College London, a taxa de transmissão da Covid-19 no país indica que a doença está fora de controle. No último boletim, publicado em 2 de março, esse índice chegou a 1.13 – o panorama mostra que, para cada 100 pessoas doentes, 113 poderão ser contaminadas.

O índice Rt, desenvolvido pela instituição britânica, é traçado a partir de um modelo matemático que usa o número de mortes confirmadas pela Covid-19 em uma semana para prever quantas pessoas correm o risco de serem infectadas nos sete dias seguintes.

METRÓPOLES

Medidas foram anunciadas após aumento do número de mortes na Capital.

O governador Camilo Santana (PT) decretou lockdown a partir desta sexta-feira (5) até 18 de março na Capital. A medida foi anunciada em transmissão ao vivo nesta quarta-feira (3), ao lado do prefeito José Sarto (PDT) e do secretário de saúde, Dr. Cabeto.

No período, somente atividades econômicas consideradas essenciais poderão funcionar. A restrição também foi recomendada aos municípios cearenses com situação sanitária mais crítica.

“Sei que não é uma decisão fácil, mas estaremos fazendo o isolamento rígido a partir da sexta. Fortaleza está no epicentro da pandemia no nosso estado”, disse o chefe do executivo.

 

O endurecimento das regras de isolamento social ocorre em meio ao aumento de casos e óbitos no Estado. Somente nesta quarta-feira (3), 84 mortes foram registradas no Ceará por conta da Covid-19.

“Sabemos que não é uma decisão fácil. Sei o quanto isso afeta a economia do Estado. Nos últimos seis anos, o que eu mais lutei foi para que a economia do Estado crescesse, gerasse emprego. Mas, neste momento, a única forma que temos até vacina a população e proteger você em casa é fazendo isolamento social rígido”, disse Camilo em pronunciamento.

 

 

O Decreto será publicado nesta quinta-feira (4).

Também presente na live, o secretário de Saúde, Dr. Cabeto, fez um pedido para os cearenses. “São 14 dias muito necessários e é quase um apelo dos profissionais de saúde. Eles estão nos pedindo ajuda para atender a população, isso é um apelo em todas as Unidades de Pronto Atendimento (Upas) e hospitais”, disse o médico.

 

(mais…)

lula

Emoção e gratidão nesta quarta-feira, 03, na família Diniz. A prefeita de Carnaubais, Marineide Diniz e o marido, Dinarte Diniz, venceram a Covid-19 e receberam alta hospitalar após cumprirem os protocolos determinados pelas autoridades de saúde pública.

“Primeiramente agradeço a Deus por essa vitória, essa é uma doença cruel. Agradeço a minha família, as orações da população e a nossa equipe de governo, que cuidou da cidade tão bem, com a atenção que Carnaubais merece. Se cuidem, não relaxem as medidas de prevenção, como a higienização das mãos, o uso de máscaras e o isolamento social”, recomendou Dona Marineide.


Marineide e Dinarte repousam em casa e recarregam as baterias para a volta ao trabalho

(mais…)


Foto: reprodução

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou nesta quarta-feira (3) as primeiras imagens feitas pelo satélite Amazonia 1, lançado na madrugada de dia 28 de fevereiro do Centro Espacial Satish Dhawan, na cidade de Sriharikota, na província de Andhra Pradesh, na Índia.

O lançamento foi resultado de uma parceria entre o Brasil e a Índia.

O satélite brasileiro Amazonia 1 marcou dois avanços tecnológicos do país: o domínio completo do ciclo de desenvolvimento de um satélite – conhecimento dominado por apenas vinte países no mundo – e a validação de voo da Plataforma Multimissão (PMM), que funciona como um sistema adaptável modular que pode ser configurado de diversas maneiras para cumprir diferentes objetivos.

O Amazonia 1 foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) – órgãos ligados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Veja as primeiras imagens de teste do satélite Amazonia 1.

Agência Brasil

lula

Facebook