A Prefeita Municipal de Paraú, Maria Olímpia, esteve nesta quinta-feira (25) em uma Audiência com o Presidente da Fundação Nacional de Saúde – Funasa. A Prefeita solicitou recursos para realizar melhorias Sanitárias, Abastecimento de Água e Saneamento Básico.
Ainda em Brasília, Maria Olímpia se reuniu com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. A Prefeita solicitou recursos para melhorias na Educação Básica no município de Paraú/RN.

(mais…)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25), durante sua live semanal nas redes sociais, que o valor do novo auxílio emergencial a ser proposto pelo governo será de R$ 250. O benefício, segundo ele, deve começar a ser pago ainda em março, por um período total de quatro meses.

BARES E RESTAURANTES

Durante a live, Bolsonaro também anunciou que o governo deve lançar em breve um programa de adiamento, refinanciamento e parcelamento de impostos e contribuições tributárias (Refis) para o setor de bares e restaurantes.

“Está na iminência de publicar o Refis do pessoal aí dos bares e restaurantes, que estão numa situação bastante complicada”, afirmou o presidente.

Com mais de 1 milhão de estabelecimentos em todo o país, que empregam cerca de 6 milhões de pessoas, o setor de bares e restaurantes diz que houve queda de 70% nas vendas ao longo do ano passado.

laurence 1 Aliados de Lawrence que dominam a comissão eleitoral tentam tumultuar Fecam (RN)

Todo mundo sabe que no voto entre Presidentes das Câmaras quem vence é a chapa de Paulinho Freire. Pois não é que a equipe controlada pelo ex-vereador, ex-presidente da Câmara de Jardim do Seridó (RN) e ex-presidente da Fecam (RN), Iron Júnior, que perdeu para prefeito ano passado quer ganhar no grito.

Quem responde hoje pela Federação de Câmaras do RN é o ex-vereador de Jardim do Seridó, Anchieta Jr., filho de Dr. Anchieta, que foi o vice na chapa derrotada de Iron Júnior para prefeito. Eles querem dar um golpe da instituição. (mais…)

Emporio

A vereadora Elizângela Albano manda mensagem de apoio ás mães de autistas em seu discurso na Câmara. Ela pretende colaborar através de uma emenda com a construção de uma associação para essa parcela da sociedade. A vereadora elogiou a força dessas mães, que ela considera “guerreiras”, e as chama de mães maravilha. Elizângela considera as crianças autistas seres muito especiais e está muito empenhada em instituir essa associação. Nossos votos de que ela seja bem sucedida neste propósito.

 

EM TEMPO: O PROJETO APROVADO FOI DE AUTORIA DA VEREADORA KARIELLE MEDEIROS 

 

Para reforçar o uso de máscara, a desinfecção das mãos com sabão ou álcool, o distanciamento social e a necessidade de se evitar aglomeração, a Prefeitura de Guamaré iniciou nesta quinta-feira, 25, as barreiras sanitárias e educativas, com medida de enfrentamento à Covid-19.

A ação preventiva com aferimento de temperatura está acontecendo simultaneamente no distrito de Baixa do Meio e na sede do município. A ação do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 conta com o apoio dos agentes comunitários de saúde, técnicos de enfermagem e Covisa.

(mais…)

Nenhuma descrição de foto disponível.

Prefeitura de Assú realiza pagamento da folha de fevereiro._

Atenção, servidores públicos de Assú! A Prefeitura informa que o salário do mês de fevereiro dos servidores públicos municipais já foi pago e está nas contas ✅.

Em tempos em que a economia de todo o Brasil está em alerta devido à pandemia do Coronavírus, é compromisso da gestão estabelecer o pagamento em dia e manter a economia assuense em movimento, com a injeção de mais de R$ 4,4 milhões.

#PAGAMENTODENTRODOMES Com o pagamento, os servidores de Assú recebem seus vencimentos dentro do mês trabalhado.

lula

Diante do aumento no número de casos graves de Covid-19, a Prefeitura do Natal decidiu nesta quinta-feira (25) instalar mais um hospital de referência para tratamento da doença. A previsão é que, a partir deste sábado (27), o Hospital dos Pescadores, localizado nas Rocas, bairro da Zona Leste, também comece a receber pacientes com o novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Saúde, George Antunes, em entrevista ao programa “12 em Ponto”, da 98 FM.

Segundo ele, entre quinta (25) e sábado (27), os pacientes internados atualmente no Hospital dos Pescadores (por outras doenças, não Covid-19) serão transferidos para duas clínicas particulares que fecharam convênio com a prefeitura. Com isso, a unidade ficará exclusiva para receber casos de coronavírus.

Inicialmente, a nova unidade de acolhimento terá apenas leitos clínicos. Porém, a expectativa é que, até o fim da próxima semana, 10 leitos de terapia intensiva (UTI) também sejam instalados no local. Equipamentos para montagem dos leitos já foram encomendados pela Secretaria Municipal de Saúde.

George Antunes também anunciou que já entraram em funcionamento 15 novos leitos de UTI no Hospital Municipal de Campanha – que agora tem, ao todo, 35 leitos críticos para pacientes com Covid-19. Outros 5 deverão ser abertos até o fim da próxima semana, totalizando 40 só naquele hospital.

O secretário de Saúde afirmou que a situação da pandemia tem se agravado por causa do desrespeito da população às medidas preventivas.

“A população precisa entender qual é o seu papel nisso tudo. Podemos dividir a responsabilidade dessa situação em 20% para o poder público, seja municipal, estadual ou federal, e 80% para a população. A situação estava controlada, tanto no interior quanto na capital. Das eleições para cá, o que vimos foi um afronte, uma desmoralização do poder público e atentado à saúde pública”, enfatizou George Antunes.

REDE MUNICIPAL DE SAÚDE – UTIs

Hospital de Campanha: 35 funcionando + 5 até próxima semana
Hospital dos Pescadores: 10 até próxima semana

AGORA RN

Uma juíza de Natal proferiu uma decisão inédita no último fim de semana e obrigou um plano de saúde da capital potiguar a fornecer para um paciente de 41 anos um medicamento que tem sido apontado em estudos como eficaz no tratamento de casos extremamente graves de Covid-19. Cada dose do remédio custa mais de R$ 6,7 mil, e o paciente precisa usar o remédio por cinco dias.

A decisão, da juíza Eveline Guedes Lima, do 11º Juizado Especial Cível, já foi cumprida, e o remédio tem sido aplicado no paciente. O Agora RN apurou que, após receber as primeiras doses, ele tem tido melhora importante no quadro de saúde, mas ainda segue internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI).

 

(mais…)


Uma ação realizada por um grupo de empresários do município de Tibau do Sul e da praia da Pipa resultou na doação de cilindros de oxigênio que serão doados para usar no tratamento de pacientes que tenham contraído a Covid-19 e estejam internados no hospital daquela cidade do litoral Sul.

Além disso, o que tiver sobrado do recurso arrecadado ficará como crédito para reabastecimento de oxigênio para os cilindros que forem utilizados.

Para o empresário Rogério Bivar Simonetti, do Hotel Marinas, a iniciativa surgiu para dar um suporte ao poder público nesse momento difícil vivido não só em Tibau como em todo o Rio Grande do Norte. “Estamos em um momento complicado em nossos empreendimentos, mas não podemos deixar de ajudar ao próximo”, disse.

Ele explicou que foi feita uma campanha junto a empresários da região, boa parte filiados ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do RN (SHRBS), para arrecadar um valor que pudesse ajudar na compra de cilindros de oxigênio para o hospital da região. “O pessoal se engajou e entendeu a importância disso”, comentou.

Os cilindros adquiridos foram doados nesta quinta-feira (25) e já podem ser usados para o tratamento dos pacientes que necessitem do oxigênio no hospital de Tibau do Sul.

beto rosado 1 Tchau, Mineiro. Beto fica

Na tarde desta quinta-feira (25), a Procuradoria Geral Eleitoral emitiu um parecer favorável à coligação do deputado federal Beto Rosado. Com a decisão, o parlamentar tem garantido mais uma vez o seu mandato. O Ministério Público Federal foi favorável à liminar do Ministro do TSE e relator, Luis Felipe Salomão.

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, precisou de atendimento médico enquanto cumpria agenda oficial em Belo Horizonte (MG) ontem (25). Crise de tendinite calcária. Ficou internado e deve ter alta nesta sexta feira (26).

Desde dezembro, o médico, neurocientista e professor catedrático da Universidade de Duke (EUA) Miguel Nicolelis vê o colapso se aproximar no horizonte da pandemia. Alertou autoridades e orientou as medidas a serem tomadas, em especial um necessário lockdown. Na semana passada, deixou a coordenação do Comitê Científico do Consórcio Nordeste para a Covid-19.

O agravamento da pandemia da Covid-19 vem levando os sistemas hospitalares de diversos estados ao colapso, de Norte a Sul do país. No dia em que o país registrou o pior número de mortos em 24 horas de toda a pandemia (foram 1.582 óbitos registrados em apenas um dia, com recorde também na média móvel de mortes, que ficou em 1.150), Nicolelis conversou com O GLOBO e defendeu a necessidade de um lockdown nacional por 21 dias.

Só isso, diz, pode evitar o colapso simultâneo da saúde (e depois funerário) em praticamente todo o país: “A população precisa acordar para a dimensão da nossa tragédia”.

Confira matéria completa no Estadão.

Um hacker anunciou, nesta quinta-feira (25), em um fórum na internet, que colocava à venda os dados de mais de 12 milhões de brasileiros, incluindo o número do cartão de crédito e a senha de acesso à conta pelo aplicativo ou site. O pacote, com informações potencialmente obtidas em fevereiro de 2021, custava US$ 50 mil (R$ 273 mil). Além dos cartões de crédito, há dados correlacionados, como nome, email, telefone, CPF ou CNPJ. A informação foi noticiada pelo jornal O Estado de S. Paulo e confirmada pela Folha.

O pacote não foi anunciado na deep web, seção oculta da internet que não é indexada em sites de busca, como o Google, onde costumam ocorrer essas vendas. No entanto, isso não significa que não esteja disponível nessa área. A Folha confirmou com a empresa de cibersegurança Syhunt a relação de nomes das pessoas com os cartões de crédito.

Em um primeiro momento, é impossível comprovar se as informações anunciadas são factíveis. O hacker exibe de modo rasurado, uma forma de não evidenciar o conteúdo de sua venda. Especialistas dizem que alguns indícios podem ser considerados em casos do tipo. Nesse episódio, o hacker, ou o coletivo de hackers, com pseudônimo “gneziol”, tem credibilidade dentro do fórum. Procurado, ele não se manifestou.

Segundo o anúncio, as informações foram capturadas por marcas da empresa Eduzz, uma plataforma que auxilia empreendedores com melhora de performance em vendas online. A empresa não se manifestou até a publicação deste texto. Não há paralelo evidente entre esse vazamento e os anteriores, como o que ocorreu em janeiro deste ano e expôs cerca de 220 milhões de CPFs e uma série de documentos pessoais, além de outro episódio em que ocorreu o vazamento de 100 milhões de contas de celular.

Há possibilidade, entretanto, de que essas bases sejam compiladas e agregadas, fornecendo ainda mais risco aos consumidores. “Alguns vazamentos podem contribuir para que outros ocorram, e aí vira um efeito dominó. Os dados de diferentes vazamentos podem ser agregados. Com a senha, é possível chegar a uma conta administrativa vazada de outra leva, e conseguir acessá-la, por exemplo”, diz Felipe Daragon, da Syhunt.

A recomendação inicial para qualquer pessoa que possua cartão de crédito é ficar atento a movimentações financeiras e alterar a senha de acesso do aplicativo e do próprio cartão. Qualquer compra diferenciada deve ser registrada para eventual contestação no banco. O pagamento aos vendedores de dados costuma ser feito com criptomoedas, impossíveis de rastrear.

De acordo com a LGDP (Lei Geral de Proteção de Dados), se a empresa identificar que houve violação cibernética em seu sistema, deve informar a clientes e potenciais cidadãos afetados. As multas da nova legislação estão previstas apenas a partir de agosto. Procurada, a ANDP (Autoridade de Proteção de Dados), ainda não se manifestou.

FOLHAPRESS

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ordenou um ataque aéreo contra pontos de milícias apoiadas pelo Irã na Síria, após disparos de foguetes contra as forças americanas no Iraque nos últimos dias, informou o governo nesta quinta-feira, 25. Trata-se da primeira decisão militar tornada pública do presidente americano, que assumiu em 20 de janeiro. Segundo a organização Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), que monitora o conflito na Síria, 17 combatentes pró-Irã morreram nos ataques. A informação, porém, não foi confirmada pelo governo americano.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que os disparos ocorreram “sob a direção do presidente Biden” e foram autorizados não apenas para responder aos recentes ataques contra as forças americanas e da coalizão, mas para lidar com “ameaças contínuas” a elas. O local atingido é usado por dois grupos de milícias apoiadas pelo Irã. Kirby informou, por comunicado, que Biden autorizou a ação militar após consultar aliados dos EUA, incluindo parceiros da coalizão.

Na terça-feira, Biden e o primeiro-ministro do Iraque, Mustafa Al-Kadhimi, discutiram por telefone os recentes ataques com foguetes no território iraquiano e concordaram que os responsáveis “deveriam ser responsabilizados totalmente”, como informou a Casa Branca.

“Especificamente, os ataques (americanos) destruíram várias instalações localizadas em um ponto de controle de fronteira usado por vários grupos de milícias apoiados pelo Irã, incluindo Kait’ib Hezbollah e Kait’ib Sayyid al Shuhada”, disse Kirbry. “A operação envia uma mensagem inequívoca: o presidente Biden agirá para proteger o pessoal da coalizão americana. Ao mesmo tempo, agimos de maneira deliberada com o objetivo de reduzir a situação geral tanto no leste da Síria quanto no Iraque.”

A maioria dos ataques das milícias contra o território iraquiano não causou vítimas, mas o último com foguete, na segunda-feira, foi o terceiro no Iraque em pouco mais de uma semana a atingir áreas da fortificada Zona Verde que hospeda soldados, diplomatas e contratados dos EUA. Os foguetes em tais ataques são normalmente disparados por grupos que as autoridades americanas e iraquianas dizem ter o apoio do Irã.

ESTADÃO

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (25):

– O país registrou 1.541 óbitos nas últimas 24h, totalizando 251.498 mortes;

– Foram 65.998 novos casos de coronavírus registrados, no total 10.390.461 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 9.323.696, com o registro de mais 42.678 pacientes curados. Outros 815.267 pacientes estão em acompanhamento.

Emporio


Foto: Sérgio lkzmiranda/Pixabay

As contas do governo federal tiveram saldo positivo de R$ 43,2 bilhões em janeiro, queda real (descontada da inflação) de 6,3% em relação ao mesmo mês de 2020.

O número ficou acima das expectativas de instituições financeirasFoi o 2º maior superavit fiscal para meses de janeiro de toda a série histórica, que teve início em 1997.

Os dados foram divulgados nesta 5ª feira (25.fev.2021) pelo Tesouro Nacional. O resultado primário contabiliza a diferença entre as receitas e despesas do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central), sem considerar o pagamento dos juros da dívida pública.

Imagem: Poder 360

O resultado de janeiro encerra uma sequência de 11 meses com rombos nas contas públicas. Por causa da pandemia, diversas regras fiscais foram suspensas e o governo arrecadava menos do que o necessário.

Imagem: Poder 360

A melhora nas contas públicas está relacionada com a arrecadação de impostos, que somou R$ 180,221 bilhões em janeiro. Apesar da retração de 1,5%, foi o 2º maior volume arrecadado na história.

“A regra do teto dos gastos ganhou maior relevância na situação fiscal atual, tornando-se um instrumento imprescindível para evitar que despesas temporárias se tornem permanentes”, afirmou a equipe econômica, em nota.

Abaixo, assista à apresentação do dados:

 


Foto: João Gilberto

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira (25), um projeto de lei que estabelece multa para que fraudar a ordem de preferência de imunização contra a COVID-19.

De acordo com o projeto aprovado, de autoria do deputado Hermano Morais (PSB), serão aplicadas multas que variam de 10 a 20 mil UFIRs para quem desrespeitar a sequência prevista” em caso de desrespeito ao cronograma do plano estadual de vacinação.

Cada UFIR no estado vale R$ 1, segundo decreto nº 29.483, publicado pelo Governo do RN em março do ano passado. A multa é válida também para quem tentar beneficiar outra pessoa. Para servidores públicos, o valor é dobrado.

Foto: American Roentgen Ray Society/American Journal of Roentgenology)

Em artigo publicado no American Journal of Roentgenology, a pesquisadora Shabnam Mortazavi, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, nos Estados Unidos, avaliou o inchaço de gânglios linfáticos axilares em mulheres que foram vacinadas contra a Covid-19.

A reação foi identificada nos casos dos imunizantes da Moderna e da Pfizer/BioNTech e já tinha sido observada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês). Por se assemelhar a características de tumores malignos, o efeito colateral tem chamado a atenção de profissionais da saúde desde o início da vacinação no país norte-americano.

 

(mais…)

leitos 1 RN atinge maior número de internados em UTIs desde o início da pandemia

A rede pública de saúde do Rio Grande do Norte (RN) atingiu o maior número de internações em leitos críticos para tratamento da Covid-19 desde o começo da Pandemia. No total, 247 pacientes estão hospitalizadas nas unidades de terapia intensiva e semi-intensiva, na manhã desta quinta-feira (25). Os dados são da plataforma Regula RN, da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).

A ocupação de leitos no estado chegou a 90,1% nesta quinta. Ou seja, dos 274 leitos operacionais do RN, 247 estão ocupados por pacientes com quadro grave de covid-19. O recorde de internados ocorre em um cenário de maior oferta de leitos, o que evidencia o momento preocupante da pandemia no estado. (mais…)

Facebook