Motoristas de ônibus fizeram uma nova paralisação do serviço entre o fim da tarde e início da noite desta sexta-feira (5). Eles já haviam feito um protesto na manhã de hoje contra o anúncio feito pela Secretaria de Mobilidade Urbana de mudanças feitas em 15 linhas para acréscimo de 30% de viagens nos horários de pico do transporte público da capital com o objetivo de reduzir as aglomerações de passageiros durante a pandemia da Covid-19. O local escolhido, foi o mesmo, próximo ao viaduto do Baldo.

VEJA MAIS: Motoristas de ônibus realizaram paralisação na manhã desta sexta contra mudanças em linhas de Natal

O sindicato que representa a categoria alega que a medida também teria que ter sido discutida com a classe, já que envolve mudança de horários dos operadores do sistema. Ainda de acordo com o sindicato, os trabalhadores estão sobrecarregado, fazendo dupla jornada.

A STTU anunciou nesta quinta-feira (4) que o município vai fazer a “reformulação imediata” de 30% das ordens de serviço em operação, determinando acréscimo de 30% no número de viagens nos horários de pico, entre 6h e 7h e 17h e 18h. As medidas atingem pelo menos 15 linhas. O aumento, no entanto, não envolve mais ônibus e trabalhadores na frota – as viagens serão remanejadas de outros horários de baixa demanda.

Participantes do ‘No limite’ de 2009 (Foto: Bia Guedes/Globo)

“No limite” foi apresentado pela Globo ao mercado publicitário na última semana e novidades como o número de participantes e o estado que receberá a atração foram divulgados. Dezoito pessoas vão competir pelo prêmio em cenários do Ceará, e a transmissão na TV deve acontecer dias após a final do “Big Brother Brasil” 21, em maio. As informações foram divulgadas pelo portal “Meio & mensagem”.

A previsão é de que o programa, que terá uma edição com ex-BBBs como adiantou Boninho, fique no ar até julho. Foram oferecidas ao mercado publicitário seis cotas de patrocínio, com valores de R$ 15 a R$ 30 milhões.

Em 11 episódios, três grupos de participantes competirão pelo prêmio final, ainda não divulgado. O primeiro “No limite” teve um prêmio final de R$ 300 mil. A vencedora foi a cabeleireira Elaine Melo. O programa teve mais edições em 2001, 2002, 2003 e em 2009.

Patrícia Kogut – O Globo

 

O 2º promotor de Justiça da comarca do Assú, Daniel Lobo Olímpio; o prefeito da cidade de Porto do Mangue, Sael Melo (foto); e, o procurador do município, João Batista Fernandes Neto, são partícipes do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta nº 1209966 cuja cópia ilustra a edição desta sexta-feira (05) do Diário Oficial do Estado do RN.

 

 

(mais…)

Na noite de ontem, (quinta-feira, 04/02), a secretaria de saúde e equipe da vigilância sanitária estiveram reunidos com alguns feirantes da Feira Livre de Carnaubais.  

Durante a reunião, os feirantes receberam orientações e determinações com base no Decreto Municipal para se adequarem aos requisitos de segurança que não prejudiquem a saúde do cliente ou até mesmo do próprio produtor. 

Os feirantes garantiram que tomarão todos os cuidados necessários quanto as novas adequações, permitindo o funcionamento das barracas.

  

A secretária de saúde, Marlizia Veras, ressaltou ainda que a Feira Livre de Carnaubais deve estar dentro de todos os padrões sanitários, como: utilização constante de álcool gel, higienização das mãos, uso obrigatório de máscara e o distanciamento necessário. 

lula

O programa que leva comida a mesa de seiscentas famílias em situação de vulnerabilidade social iniciou nesta sexta-feira mais uma rodada de cestas básicas no município. 

De hoje até segunda-feira a ação atenderá todas as famílias cadastradas para receber o benefício. A ação é coordenada pela Secretaria de Assistência Social – SEMTHAS. 

As cestas estão sendo feitas distribuídas nas comunidades e as cidadãs devem buscar o endereço mais próximo de suas residências de acordo com o cronograma.  

Atendimento online para a população.  

A partir de hoje, o Cadastro Único poderá ser realizado também de maneira virtual. É uma maneira de facilitar o atendimento para o povo, segundo informou a secretária Lúcia Helena Mendes. 

Aprovada por unanimidade de votos na alçada da Câmara de Vereadores, a Lei Municipal nº 737/2021, do dia 02 deste mês, terça-feira última, foi sancionada pelo prefeito do Assú, Gustavo Soares.
A referida Lei Municipal, proposta pelo Executivo, que reconhece como instrumento de utilidade pública a Associação de Mães e Amigos dos Autistas do Vale do Assú (AMAAVA), organização não governamental com sede e foro na cidade do Assú, teve sua publicação no exemplar desta quinta-feira (04) do Diário Oficial do Município.

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), abrirá ainda hoje (5) mais 28 leitos Covid com objetivo de reduzir a alta taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte e prestar assistência aos pacientes acometidos pela Covid-19. Essa é mais uma iniciativa ágil do Governo do Estado que está em consonância com o Plano de Contingência Estadual de Enfrentamento à Covid-19 e empenhado em conter o avanço da pandemia em todo estado. 

Em Natal, serão abertos 11 leitos clínicos no Hospital Giselda Trigueiro e serão transformados em leitos de UTI nos próximos dias; 5 leitos de UTI no Hospital Luiz Antônio (Liga) para pacientes covid com perfil oncológico. Segundo dados do Regula RN, a Região Metropolitana concentra mais de 90% da ocupação de leitos de UTI. A abertura imediata desses leitos visa diminuir a fila daqueles que estão aguardando leitos para serem atendidos.

Na região metropolitana, serão abertos 5 leitos clínicos em Macaíba. Assú contará com 5 leitos clínicos e Currais Novos ganhará mais 2 leitos clínicos. 

No total estão sendo abertos, ainda hoje (5), 28 novos leitos Covid. “Esse resultado é fruto de muito trabalho árduo da governadora Fátima Bezerra e de todos os servidores e profissionais da saúde que fazem parte da Sesap, a fim de prestar toda assistência necessária aos pacientes que estão sofrendo com essa doença”, afirmou Maura Sobreira, secretária-adjunta de saúde.

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Senadores foram informados de que Major Olimpio, do PSL de São Paulo, precisou ser intubado na UTI do Hospital São Camilo, em São Paulo.

O estado de saúde do parlamentar, de 58 anos, que luta contra a Covid-19, é considerado grave.

Senadores buscam diretamente com familiares do colega informações atualizadas do estado de saúde. A Presidência do Senado está dando todo o suporte possível. A assessoria de imprensa de Olimpio ainda não se pronunciou.

Olimpio anunciou que testou positivo para a doença na última terça-feira. No dia seguinte, discursou contra a PEC Emergencial, que era votada em primeiro turno, do leito do hospital. A cena foi transmitida pela TV Senado.

Ontem, Olimpio escreveu no Twitter:

“Gostaria de agradecer todos vocês pelas mensagens de carinho e orações pela minha recuperação. Segundo o médico, meu quadro está evoluindo bem apesar da gravidade e tenho fé que em breve estou de volta ao combate!”

Em razão de um aparente surto de Covid-19 no Senado, Rodrigo Pacheco suspendeu ontem as sessões semipresenciais, como noticiamos. Pelo menos 19 dos 81 senadores pegaram a doença desde o início da pandemia. Dois morreram: Arolde de Oliveira (PSD) e José Maranhão (MDB).

O Antagonista

lula

Diante da informação de protesto a ser realizado nesta sexta-feira (5), às 20h, por proprietários de restaurantes, garçons, maîtres, cozinheiros, auxiliares e terceirizados, o Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte e a Abrasel no RN, informam que não foram informado, procurado ou convocado a partir desta manifestação logo mais.

Entendemos o momento vivido e também estamos em diálogo com os Poderes na busca de possíveis soluções que pelo menos minimizem os impactos a serem provocados nos setores de hospedagem, alimentação e eventos no Rio Grande do Norte.

Atenciosamente,

Habib Chalita
Presidente SHRBS-RN

Paolo Passariello
Presidente ABRASEL RN

FOTO: ELISA ELSIE – ASSECOM/RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, declarou em entrevista coletiva, realizada nesta sexta-feira (5) na Escola de Governo, que o toque de recolher passará a ser das 20h às 06h, de segunda a sábado, e aos domingos será integral. O novo horário é válido a partir deste sábado (6), com a publicação do decreto em edição extra do Diário Oficial de hoje. Os serviços essenciais continuarão funcionando, mas para ter o direito de circular, as pessoas deverão comprovar a necessidade.

 

(mais…)

As câmaras municipais potiguares possuem a maior participação de mulheres de todo o Brasil. De 1.607 vagas no Rio Grande do Norte nas eleições 2020, 350 foram ocupadas por mulheres. O número corresponde a 21,8% dos assentos de todos os parlamentos municipais do estado.

lula

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), abrirá ainda hoje (5) mais 28 leitos Covid com objetivo de reduzir a alta taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte e prestar assistência aos pacientes acometidos pela Covid-19. Essa é mais uma iniciativa ágil do Governo do Estado que está em consonância com o Plano de Contingência Estadual de Enfrentamento à Covid-19 e empenhado em conter o avanço da pandemia em todo estado.

Em Natal, serão abertos 11 leitos clínicos no Hospital Giselda Trigueiro e serão transformados em leitos de UTI nos próximos dias; 5 leitos de UTI no Hospital Luiz Antônio (Liga) para pacientes covid com perfil oncológico. Segundo dados do Regula RN, a Região Metropolitana concentra mais de 90% da ocupação de leitos de UTI. A abertura imediata desses leitos visa diminuir a fila daqueles que estão aguardando leitos para serem atendidos.

Na região metropolitana, serão abertos 5 leitos clínicos em Macaíba. Assú contará com 5 leitos clínicos e Currais Novos ganhará mais 2 leitos clínicos.

No total estão sendo abertos, ainda hoje (5), 28 novos leitos Covid. “Esse resultado é fruto de muito trabalho árduo da governadora Fátima Bezerra e de todos os servidores e profissionais da saúde que fazem parte da Sesap, a fim de prestar toda assistência necessária aos pacientes que estão sofrendo com essa doença”, afirmou Maura Sobreira, secretária-adjunta de saúde.

Em meio a semana de recordes de mortes, vacinas ganham importância renovada. Foto: Angelo Esslinger/Pixabay

De acordo com resultados preliminares de uma pesquisa conduzida pela Universidade de Oxford, a vacina desenvolvida pela AstraZeneca é eficaz contra a variante do coronavírus originada em Manaus. Por enquanto, a eficiência exata do imunizante contra a mutação brasileira não foi divulgada, mas espera-se que o estudo seja publicado na íntegra até março.

As notícias são excelentes, ainda mais quando se considera que o imunizante pode não ser útil contra todas as variantes do SARS-CoV-2 registradas pelo mundo. Levantamentos anteriores apontaram que a vacina da AstraZeneca não é muito eficaz contra a variante sul-africana, por exemplo, o que levou a uma suspensão do uso do imunizante no país.

Por enquanto, não se sabe se a CoronaVac é capaz de proteger contra a mutação de Manaus, o que torna a notícia ainda mais importante. Após a publicação do estudo completo, é preciso analisá-lo e refletir sobre quais vacinas funcionarão melhor no país — especialmente já que, nas últimas semanas, o Brasil bateu recorde de mortes em decorrência da Covid-19.

Veja

Emporio


Após a sua equipe de funcionários participar de um treinamento sobre “Boas práticas higiênico-sanitárias e cuidados contra a Covid-19, no qual recebeu orientações para o combate ao Novo Coronavírus, o “Carvalho Supermercado recebeu um certificado do SEBRAE Assú. Parabenizamos à empresa “Caravalho Supermercado” pelo propósito de trabalhar com segurança e pensando no bem estar de seus clientes e, também, ao SEBRAE Assú pela iniciativa. Em um momento em que, infelizmente, vivenciamos o agravamento de risco de contágio, ações voltadas para o combate a esse terrível vírus são muito bem vindas.

Blog de olho no Assu

Foto: Reprodução

Após anuncio nesta sexta-feira(05) do Governo do Estado com o aumento do toque de recolher no Rio Grande do Norte, das 20h às 6h, de segunda a sábado, e nos domingos, de forma integral, proprietários de restaurantes, garçons, maîtres, cozinheiros, auxiliares e terceirizados convocam manifestação às 20h desta sexta-feira em Ponta Negra, contras medidas restritivas do Governo do Estado nesta pandemia. Leia abaixo a íntegra:

NÃO VAMOS ACEITAR!

“Sra. Excelentíssima governadora Fátima Bezerra, infelizmente o diálogo com nossa categoria não funcionou e não vamos aceitar essa falta de diálogo.

Fechar as 20h diariamente e não funcionar aos domingos é assassinar um setor que já está na UTI há mais de uma ano e nós não vamos aceitar!

Sabemos da gravidade da doença e que não temos leitos, mas não acreditamos que restaurantes e bares sérios que trabalham seguindo todas as normas de biossegurança são responsáveis pelo que está acontecendo.

Alguns poucos irresponsáveis fazendo aglomerações, festas e muita baderna não representa uma categoria toda, responsável e íntegra!

E por assim ser vamos nos fazer ter vez e voz!

Hoje as 20h em frente a feirinha de artesanato de ponta negra no semáforo, vamos protestar contra essas medidas genéricas que não se aplica a maioria de nós!

Traga sua máscara, face shield, álcool em gel e não aglomerem!

Vamos reivindicar em paz e com segurança!”.

Foto: Ilustrativa

Primeira semana de março terminando com boas chuvas no Rio Grande do Norte, beneficiando a agricultura e ocasionando a diminuição da temperatura na região serrana do estado. De acordo com as análises da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (EMPARN), as precipitações decorrem da atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior e da Zona de Convergência Intertropical (ZCTI)- esta última deverá seguir atuando nos meses de março e abril.

“As chuvas, nesses primeiros dias de março, foram registradas em todas as regiões do estado, variando entre 20 e 50 milímetros. A previsão para o resto do mês é de pancadas de chuvas em todas as regiões do estado”, disse o chefe da unidade, Gilmar Bristot.

O meteorologista pontua que embora as condições das águas superficiais do oceano Atlântico, na sua parte sul, ainda não estejam 100% ideias, a atuação de outros sistemas meteorológicos tem sido suficiente para trazer a chuva para o RN nesse período. “Não teremos chuvas intensas, mas teremos a ocorrência das chuvas”, declarou.

Para o final de semana, de hoje (05) até domingo (07), a previsão é de pancadas de chuvas em todas as regiões do Estado.

Comitê de Especialistas da Sesap faz novas recomendações para o enfrentamento à pandemia

Em reunião por web conferência no dia 02 de março, o comitê de especialistas da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) decidiu emitir uma série de recomendações para o enfrentamento à pandemia no Rio Grande do Norte.

As medidas apresentadas pelo grupo são frutos de uma avaliação criteriosa de reavaliação dos riscos epidemiológicos e da alta taxa de ocupação dos leitos críticos em todo o estado do Rio grande do Norte, levando em consideração ao aumento do número de internações e circulação de novas variantes do SARS-CoV2 no estado.

A análise do Comitê leva em conta a tendência da epidemia da Covid-19 no estado medida pelo indicador composto e a análise dos dados assistenciais do Regula RN, que mede a taxa de ocupação de leitos críticos e clínicos em tempo real.

A Região Metropolitana atingiu um platô no número de casos que se mantém alto por um período prolongado e há um indicativo de aumento de número de casos para os próximos dias. Considerando que a Taxa de Ocupação de Leitos Críticos encontra-se acima de 90%, já com 17 unidades hospitalares de referência com 100% de ocupação, indicando a saturação do sistema de saúde para os leitos críticos no estado e considerando a introdução de novas variantes do SARS-CoV-2 no Rio Grande do Norte, e levando em consideração que as únicas medidas efetivas de prevenção e controle, até que se consiga uma cobertura vacinal adequada, são as medidas não farmacológicas, pois não há medicamento com comprovação científica para uso no controle/prevenção do SARS-CoV2;o comitê emitiu as seguintes recomendações:

1. Não utilizar medicamentos como prevenção ou tratamento precoce para a COVID-19, uma vez que não existem evidências científicas que embasam esta conduta;

2. Ampliar as medidas restritivas em todo o território estadual, aumentado as estratégias de mitigação por um período de 21 dias, sendo passível de nova avaliação, devendo permanecer abertos apenas os serviços essenciais balizadas na Lei 13.979/2020 e nos Decretos Estaduais 29.583/2020, 29.600/2020 e 29.634/2020;

3. As medidas de supressão adotadas devem ser realizadas de forma simultânea pelos municípios de uma mesma região de saúde, assim é necessária a divulgação efetiva de datas para início e nova avaliação do cenário,de modo que permita que a população se prepare para seguir as normativas;

4. Normatizar a circulação nos espaços coletivos, ou seja, nos serviços essenciais estabelecidos no Decreto Estadual conforme orientações abaixo:

● Definir horários prioritários para idosos,quando aplicável;

● Definir horários de funcionamento para cada setor;

● Restringir o quantitativo de pessoas por família;

● Obedecer ao percentual de ocupação desses espaços de modo que seja possível respeitar o distanciamento social dentro do estabelecimento, evitando a ocupação máxima;

● Reforçar o uso obrigatório e correto da máscara em ambientes coletivos, a qual deve preferencialmente ser trocada a cada 3 horas;

● Intensificar as fiscalizações, pelos municípios em cooperação com o Estado, para que se tenha o cumprimento das normativas estabelecidas, de modo a viabilizar a efetivação das medidas restritivas;

5. Adotar medidas relacionadas ao funcionamento do transporte público visando à redução do risco sanitário:

● Aumentar a frota de transporte coletivo em horários de pico, para reduzir as aglomerações que ocorrem nas paradas de ônibus e dentro dos transportes;

● Respeitar as medidas de distanciamento social dentro dos ônibus, de modo que não seja permitida a circulação de passageiros em pé;

● Reforçar o uso obrigatório e correto da máscara dentro do transporte coletivo;

● Aumentar a frequência de higienização dos veículos;

● Realizar fiscalizações para verificar o cumprimento das normas nas paradas de ônibus e nos veículos, com aplicação de sanções caso se identifique o não cumprimento das recomendações;

6. Aquisição de testes rápidos de antígeno por municípios e pelo Estado,de modo a facilitar e ampliar o diagnóstico para COVID-19;

7. Todos os serviços essenciais devem cumprir com as normas sanitárias estabelecidas, de modo a:

● Intensificar a triagem dos trabalhadores sintomáticos;

● Realizar o teste de diagnóstico em todos os trabalhadores sintomáticos;

● Realizar rastreio de contatos;

● Proceder com a notificação nos sistemas de notificação recomendados e acionar a Secretaria Municipal de Saúde local para auxiliar na realização da investigação do caso e rastreio de contatos;

● Afastar o trabalhador sintomático e seus contatos pelo período recomendado de isolamento domiciliar;

8. Intensificar a realização das notificações de casos suspeitos, confirmados ou descartados para COVID-19, assim como óbitos, independentemente do método de diagnóstico utilizado, no prazo de 24 horas, nos sistemas de notificação indicados;

9. Adotar toque de recolhera partir das 20 às 06 horas de segunda a sábado em todo o território estadual; aos domingos o toque de recolher aplica-se em horário integral em todo o território estadual, de modo que só será permitido o funcionamento dos estabelecimentos na modalidade delivery e take away;

10. Restringir a venda de bebidas alcoólicas nos finais de semana, assim como consumo em locais públicos (como por exemplo em bares, restaurantes, conveniências, praças, praias) como estratégia de auxiliar na redução de aglomerações;

11. Perseguir junto ao governo federal o aumento da oferta de vacinas COVID-19, e efetivar as estratégias de vacinação de forma mais célere a nível municipal evitando aglomerações nos locais de vacinação;

12. Melhorar a qualidade da informação e da comunicação sobre o risco sanitário atual e as medidas implementadas.

Natal (RN), 05 de março de 2021.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA – SESAP

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (05). Foram mais 1.654 casos confirmados, totalizando 171.943. Até quinta-feira (04) eram 170.289 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.709 no total, sendo 14 (quatorze) mortes registradas nas últimas 24h, em Natal(04); Mossoró(04); Parnamirim(02); João Câmara(01); Santo Antônio(01); Tenente Ananias(01); e São Rafael(01).

A Sesap ainda registrou 20 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quinta-feira (04), eram contabilizados 3.675 mortos. Óbitos em investigação são 780.

Casos suspeitos somam 93.241 e descartados 370.755. Recuperados são 123.516.

Emporio

(Foto: Reprodução)

Faleceu nesta sexta-feira (05) em decorrência da Covid-19 o empresário paraibano José Carlos da Silva Júnior, dono do Sistema Paraíba de Comunicação e do Grupo São Braz. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 18 de fevereiro após testar positivo para a covid-19 e acabou não resistindo a uma parada cardiorrespiratória. De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, inicialmente José Carlos não manifestou sintomas do novo coronavírus, mas foi internado mesmo assim como forma de prevenção, já que possuía comorbidades e em razão da idade avançada.

José Carlos tinha 93 anos de idade e já ocupou o cargo de senador da Paraíba entre os anos de setembro de 1996 e janeiro de 1997 e de junho a novembro de 1999, quando suplente de Ronaldo Cunha Lima. Ele também foi vice-governador da Paraíba de 1983 a 1986, durante a gestão de Wilson Braga.

Natural de Campina Grande, José Carlos era casado com Virgília Henriques de Oliveira Carlos, que faleceu em 2015 aos 89 anos de idade. Ele deixa três filhos: Ricardo Carlos, Eduardo Carlos e Eliane Freire.

Ainda no início da pandemia de covid-19, José Carlos perdeu um neto vítima da doença. Mateus Carlos tinha 34 anos de idade e faleceu no dia 30 de março de 2020, quando estava internado no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. Mateus foi um dos primeiros paraibanos a falecer em decorrência do novo coronavírus.

O empresário Eduardo Carlos, pai de Mateus e filho de José Carlos, permanece internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês se tratando da covid-19. Ele foi internado pouco após o seu pai.

Click PB

Facebook